Contador afirma que medidores de potência e rádio deveriam ser banidos do ciclismo

Tem algumas semanas, Alberto Contador, que agora aposentado, deu uma entrevista reclamando sobre sua punição por doping. Mas ele não parou por ai, agora, em mais uma recente conversa com o jornal espanhol Marca, o Pistoleiro como também é conhecido, afirmou que os medidores de potência deveriam ser banidos de corridas para gerar mais competitividade.

“Se você está subindo uma montanha e sabe que não pode passar de 400 watts e a Sky está na frente andando a 400 watts, você não ataca porque sabe que vai quebrar em dois quilômetros. Mas, se você não vê os números, suas sensações podem fazer você atacar. Os ciclistas se bloqueiam quando olham para os números, principalmente quando a inclinação é grande”, explicou.

“O rádio no ouvido limita menos a criatividade do que o medidor de potência. Eu baniria o uso deles em competições”, finalizou.

emonda-contador1

Ainda na mesma entrevista, contador fala que deveria ser introduzido um teto salarial no ciclismo. Pois esta medida poderia equilibrar a diferença entre times com orçamentos gigantescos, tornando o esporte mais competitivo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.