Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada com partes furtadas

O criador da Comissão de Segurança no Ciclismo do Rio de Janeiro, Raphael Pazos, fez uma vistoria, veja as fotos, em todo o trecho interditado da Ciclovia Tim Maria, que liga a Zona Sul à Zona Oeste do Rio, e registrou a falta de partes do guarda-corpo da via.

“E os trabalhos continuam… todo cidadão pode e tem o dever de cuidar de sua cidade ajudando o poder publico a tomarem providências. Neste caso além da questão do FURTO DA CICLOVIA TIM MAIA , seria interessante uma solução simples e eficaz por parte da secretaria Municipal de transportes e CETRIO em legalizar uma passagem para os ciclistas que desejam se deslocar pelo trecho de São Conrado ate a Barra sem ficar na dependência do cronograma das obras da CEDAE que nada interfere no pleno funcionamento desse trecho da Ciclovia Tim Maia pois o trecho interditado e que esta sob investigação da CPI é o trecho que une Leblon a São Conrado”, Raphael Pazos.

Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (1)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (2)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (3)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (4)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (5)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (6)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (7)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (8)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (9)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (11)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (12)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (13)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (14)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (15)Ciclovia interditada no Rio agora é vandalizada (16)

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.