Sabrina Gobbo é campeã do XTerra Ilhabela

Os triatletas do Shimano Sports Team estiveram entre os destaques do XTerra Ilhabela, disputado neste fim de semana, no arquipélago do Litoral Norte de São Paulo. Enquanto na prova feminina do Short Triathlon a dobradinha veio com vitória de Sabrina Gobbo (Trek/Shimano) e o vice de Laura Mira (Squadra Oggi); no masculino, Rafael Juriti (Sense Factory Racing) também terminou na segunda posição.

O Short Triathlon do XTerra Ilhabela contou com 750 m de natação, 17,5 km no MTB e 5,5 km na trail run. Na prova dos homens, o título ficou com Felipe Moleta, enquanto Diogo Malagon completou o top 3 após disputa intensa com Rafael Juriti. Entre as mulheres, Sabrina Gobbo conseguiu abrir boa vantagem para as adversárias, com a atleta Vanessa Bley completando o pódio em terceiro lugar.

“Saímos quase juntas da água, a Laura, Vanessa e eu, com um intervalo de poucos segundos. Porém, na transição fui mais rápida e liderei desde o pedal até o final da competição. A prova foi dura por conta da lama e em alguns trechos era necessário sair da bike para continuar”, destacou Sabrina Gobbo, triatleta que tem a bike equipada com os componentes da linha XTR Di2 de transmissão de marchas eletrônica.

Sabrina Gobbo é campeã do XTerra Ilhabela

ITU Triathlon World Cup – Triatleta da modalidade olímpica, Reinaldo Colucci (Sesi/Shimano) disputou no sábado (18) a etapa de Lausanne, na Suíça, do ITU Triathlon World Cup. Após dois anos sem competir no circuito da Copa do Mundo, Colucci concluiu sua participação em 13º lugar. O norueguês Gustav Iden foi o vencedor, seguido por Jonathan Brownlee (GBR) e Kristian Blummenfelt (NOR).

“Estou muito feliz. A sensação de sentir aquele friozinho na barriga antes da largada foi muito boa. E, principalmente, ter a felicidade de sentir meu corpo responder bem a esse nível de prova, em que fiz muita força e dei meu 100%, desde a primeira braçada até o último passo da corrida”, conta Colucci.

Novidades Shimano – Em 2018, a Shimano fez o lançamento do tradicional grupo de ciclismo de estrada 105 R7000, totalmente remodelado: são novas tecnologias herdadas do Dura-Ace, alavancas de STI adequadas para mãos menores (de mulheres por exemplo) e freio a disco hidráulico – finalmente regulamentado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Vale destacar que o ciclismo de estrada é uma modalidade bastante praticada por atletas de MTB, como complemento aos treinos.

Também neste ano, a marca lançou o XTR M9100 e atendeu o pedido dos fãs com a configuração de 12 velocidades, trazendo muitas outras inovações. O grupo apresenta um cassete totalmente inovador com pinhões de amplo alcance de 10-45D ou 10-51D, freios com 2 ou 4 pistões, e um novo cubo com a nova tecnologia Shimano Micro Spline. Um novo projeto de configuração de freios e alavancas, que permite ao ciclista posicionar seus comandos, incluindo a alavanca de canote retrátil de selim “dropper post” XTR, em uma situação otimizada para máximo conforto e acionamento rápido.

Com informações de ZDL Sports

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.