Seleção brasileira busca medalha inédita no Mundial de Mountain Bike

Na última edição do Mundial de Mountain Bike, em Cairns, na Austrália, a seleção brasileira chegou bem perto de conquistar uma medalha na prova de Cross Country Olímpico (XCO) com o ciclista Henrique Avancini, que terminou em quarto lugar, registrando o melhor resultado da disciplina para o país. Agora, a equipe brasileira espera conquistar uma medalha histórica, além de buscar pontos importantes na corrida classificatória para Tóquio 2020.

Mais experiente e embalado por uma temporada épica em sua carreira que lhe rendeu a atual segunda colocação no ranking mundial, Avancini é uma das apostas da seleção e chega como um dos grandes favoritos ao pódio, não só pelo resultado alcançado em 2017, mas principalmente pela incrível regularidade apresentada nas últimas competições do calendário internacional.

Para disputar o Mundial, a seleção comandada pelo técnico Carlos Polazzo também vai contar com a força do vice-campeão brasileiro José Gabriel, do atual campeão Sul-Americano Luiz Henrique Cocuzzi, e de Raiza Goulão, melhor brasileira no ranking mundial da modalidade, ocupando hoje a 16ª colocação.

O Brasil ainda vai ser representado no XCO por Guilherme Muller e Jaqueline Mourão, que através do critério de convocação ficaram com as vagas remanescentes. Já no Downhill, Juliano Habowsky, Douglas Vieira e Roger Vieira serão os representantes brasileiros.

A programação do Campeonato Mundial começa nesta quarta-feira (05/09) com a cerimônia oficial de abertura e realização da prova Team Relay. Os brasileiros entram na disputa a partir da próxima sexta-feira, competindo as etapas classificatórias do Downhill. Os atletas do MTB XCO masculino e feminino competem no sábado. O programa de competição completo está disponível no link https://goo.gl/FDPQ3i.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.