Viviane Favery e Marcella Toldi competem na nona edição da Brasil Ride na Bahia

Viviane Favery (Cannondale Brasil Racing), Marcella Toldi (LuluFive Team), Karen Olimpio (Squadra Oggi) e Sabrina Gobbo (Trek/Shimano), as quatro atletas do Shimano Sports Team, iniciam neste domingo (21) a disputa de uma das mais difíceis provas de mountain bike por etapas do mundo, a Brasil Ride. Pelo terceiro ano consecutivo, a ultramaratona tem sede nas cidades de Porto Seguro, em Arraial d’Ajuda, e em Guaratinga, ambas no extremo Sul da Bahia, e segue até o próximo sábado (27), data de encerramento. Ao todo, serão sete dias de competição, com 600 km somados e cerca de 11.000 m de altimetria acumulada.

Marcella Toldi (Divulgação).jpg
Marcella Toldi (Divulgação)

Dentre as quatro atletas Shimano inscritas na Brasil Ride, duas delas formam dupla, Viviane Favery e Marcella Toldi, na equipe Cannondale Brasil Women. Enquanto Viviane vai para sua quarta participação na prova, tendo vencido em 2015 a elite feminina ao lado de Raiza Goulão, Marcella fará sua estreia na competição. Quem também competirá na ultramaratona pela primeira vez é a jovem ciclista Karen Olimpio, formando a dupla Power Girls Kana com Ana Luisa Panini. Campeã na segunda edição, em 2011, ao lado de Adriana Nascimento, Sabrina Gobbo tem como parceira neste ano a experiente ciclista Roberta Stopa, na equipe No Limits Team.

Karen Olimpio (Rodrigo Barreto  Fotop).jpg
Karen Olimpio (Rodrigo Barreto / Foto)

Na nona edição da Brasil Ride, 120 pontos estarão em jogo para os campeões nos rankings mundial e olímpico da UCI (União Ciclística Internacional). “A participação na ultramaratona visa somar pontos para os rankings internacionais e assim ajudar na busca por uma vaga para Tóquio-2020. Porém, acredito que a disputa será mais do que ir atrás desses pontos, mas será de auto-conhecimento, uma apoiando a outra, em busca de bons momentos na bike”, conta Vivi. “Para disputar a Brasil Ride precisamos de mais do que uma dupla. É necessário uma verdadeira parceria. Quando nos conhecemos, vimos que tínhamos muito em comum. A Mati é uma ciclista muito forte a para mim foi uma junção perfeita. Uma pessoa incrível com um preparo físico muito bom”, conta Vivi Favery.

Sabrina Gobbo (Divulgação)
Sabrina Gobbo (Divulgação)

“Conheci a Vivi há pouco tempo. Conversamos bastante e recebi esse convite dela, muito legal, de correr a Brasil Ride, e voltar na minha origem no esporte, pedalando mountain bike nas corridas de aventura. Não poderia estar mais feliz. Gosto de provas de endurance e tenho como característica a resiliência psicológica e física, então tendo a escolher essas disputas por etapas. Se a busca é por pontos na UCI, o propósito da Vivi já faz parte do meu objetivo. Vou dar meu suor, lágrimas e sorrisos, para fazermos o nosso melhor”, conta Marcella Toldi, ciclista de estrada que retornou no fim deste ano para o LuluFive Team.

Com informações de ZDL Sports

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.