Brasil Ride: Red Bull Zera o Pico – Um desafio extra neste ano

Para descer, todo santo ajuda. Mas, para subir, a história é outra. A dificuldade é ainda maior quando a subida é de terra, repleta de valas, com um forte desnível e após 300 km em quase quatro dias acumulados de pedal. Esse é o Red Bull Zera o Pico, um desafio especial dentro da quarta etapa da Brasil Ride 2018, na próxima quarta-feira (24). Todos os participantes estão automaticamente inscritos no desafio e terão que mostrar boa técnica e muito esforço na “Subida das 7 Voltas”, com 1,7 km de extensão, para levar a jersey e o troféu de vencedor para casa. O desafio tem premiações individuais, divididas em: profissional (masculino e feminino) e amador (masculino e feminino). As categorias amadoras incluem todos os competidores inscritos nas categorias masculino, feminino, mista, máster, grande máster, corporativa e nelore.

Subir uma montanha pedalando e sem colocar os pés no chão, especialmente quando o trecho é técnico e inclinado, tem um significado especial no mountain bike, como afirma o atual campeão do Brasil Ride, campeão mundial de XCM e grande favorito ao título deste ano, Henrique Avancini. “Zerar um pico é uma coisa muito emblemática para os mountain bikers. Significa conquistar a montanha de uma maneira diferente. Obviamente, a gente quer sempre ir de um ponto ao outro, mas quando você consegue passar pedalando, a conquista é diferenciada”, analisa Avancini, atual campeão da ultramaratona.

Com informações de ZDL Sports

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.