Regras de altura de meia serão aplicadas pela UCI em 2019

A UCI reintroduziu as regras de altura das meias para a temporada de 2019.

As mudanças para incluem uma reformulação dos testes de tempo da equipe, um novo sistema de classificação mundial e agora uma altura máxima de meia…

“As meias e galochas usadas na competição não podem subir acima da altura definida pela metade da distância entre o meio do maléolo lateral e o meio da cabeça da fíbula”.

Meias no ciclismo 2.jpg
Divulgação UCI

Resumindo, a meia não deve romper a marca da metade entre o tornozelo e a base do joelho!

A organização não definiu uma duração mínima e não especificou como a regra será aplicada ou qual será a punição.

A UCI esta preocupada com roupas que obtêm ganhos marginais aerodinâmicos e não para fins de segurança.

As novas regras também dizem que a roupa não pode mudar a “morfologia” (forma) de um ciclista e proíbe qualquer roupa ou dispositivo não essencial que não seja para proteção.

As regras de 2019 dizem que as mudanças na superfície da roupa são permitidas, mas apenas pela montagem do tecido, por tecelagem ou por rosqueamento.

A rugosidade superficial da roupa não deve exceder no máximo 1 mm e os itens não devem conter elementos autoportantes ou partes rígidas.

A UCI já havia regulado a altura das meias, mas essa regra havia desaparecido dos livros nos últimos anos.

Meias no ciclismo 1.jpg
Foto divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.