Campeão mundial em 2018, Henrique Avancini projeta temporada 2019

Henrique Avancini teve uma temporada histórica em 2018. O ciclista foi campeão brasileiro e mundial de Mountain Bike, atingiu a segunda posição do ranking da UCI (União Ciclística Internacional) e foi eleito o Atleta da Torcida no Prêmio Brasil Olímpico, vencendo Marta, Bruno Rezende e Gabriel Medina com folga.

Henrique Avancini com o Troféu Atleta da Torcida
Foto divulgação

Mesmo depois de tantas realizações, Avancini prefere destacar o aprendizado em 2018. “foi um ano de muito aprendizado, de crescimento, e que gerou muitas lições. Pode parecer que foi um ano muito assertivo por conta dos resultados, mas eu errei bastante e aprendi com essas falhas também. Foi um ano de bastante crescimento pessoal. Tirei muitas lições, novos desafios por toda situação. Tem bastante importância para o meu futuro”, disse o ciclista.

Avancini vence o Short Track da Copa do Mundo em Val di Sole, Itália
Foto divulgação

 

 

Para o ciclista, um dos momentos mais marcantes foi o quarto lugar na etapa italiana da Copa do Mundo de MTB. “um feito que me marcou muito também foi o pódio na Copa do Mundo, na Itália, que eu vinha buscando há algum tempo. Estava próximo de conseguir. E, por ter acontecido na Itália, que é tão especial para mim, foi muito marcante”, disse o primeiro brasileiro a conquistar um pódio da competição.

Henrique-Avancini-Campão-do-Mundo-de-Maratona-2018-xcm
Pódio mundial XCM 2018 / Foto divulgação

Em 2019, Henrique Avancini quer se manter em alto nível. “Meu principal desafio para 2019 é permanecer onde eu consegui chegar em 2018. Aplicar as lições que eu tive, no treino, para a prática”. analisou. “O grande desafio é balancear a expectativa fora da bicicleta com a intensidade da minha vida em cima da bicicleta e ainda performar bem. Ainda tenho conseguido fazer com certo êxito e quero manter isso”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.