Mundial de pista 2020 | Benjamin Thomas vence no 4º dia

mundial de pista

Campeão em 2017, o francês Benjamin Thomas dominou a prova do Omnium masculina no Mundial de Ciclismo de Pista para ficar em primeiro lugar. Ele venceu a Scratch, foi 2º no contrarrelógio e 4º na corrida de eliminação, chegando para a corrida por pontos com 112 pontos, 8 de vantagem sobre o neerlandês Jan Willem van Schip.

Na prova final, Thomas já começou voando, vencendo 3 dos 5 primeiros sprints e colocando uma volta no pelotão, assim como van Schip, o britânico Matthew Walls e o australiano Cameron Meyer, mas van Schip não conseguia pegar os pontos dos sprints e Thomas ficou com o ouro com 158 contra 135 do neerlandês. Walls ficou em terceiro lugar com 117. Um dos favoritos, o dinamarquês Lasse Norman Hansen teve problemas na prova de eliminação, sendo o 2º eliminado, e não tinha mais muita chance de medalhar.

Assim na outra prova olímpica do dia, as neerlandesas Kirsten Wild e Amy Pieters dominaram a prova feminina da Madison, pontuando em 11 dos 12 sprints para vencer com 36 pontos contra 24 das francesas Clara Copponi e Marie le Net. Com 20 pontos, bronze para as italianas Letizia Paternoster e Elisa Balsamo. Elas também tinham vencido esta prova no Mundial de 2019 e conquistaram o 5º ouro dos Países Baixos neste Mundial, o 3º em prova olímpica.

No feminino

Já nos sprints femininos, as alemãs seguem imbatíveis. Lea Friedrich foi a mais rápida nos 500m contrarrelógio com 33.121 na final, mas a mexicana Jessica Salazar ficou muito muito perto a prata com 33.154, assim como a italiana Miriam Vece no bronze com 33.171.

A americana Chloe Dygert surpreendentemente bateu duas vezes o recorde mundial na perseguição individual feminina, com 3:17.283 na qualificação e 3:16.923 na decisão contra a alemã Lisa Brennauer. Foi o 3º ouro de Dygert nessa prova em 4 anos.

Nas rodadas iniciais do sprint masculino, domínio dos Países Baixos. Harrie Lavreysen e Jeffrey Hoogland fizeram os melhores tempos na qualificação com 9.253 e 9.322 respectivamente. Nas 8as, o britânico Jason Kenny perdeu para o alemão Stefan Bötticher. Lavreysen e Hoogland seguiram vencendo e se classificaram para as semifinais, assim como o polonês Mateusz Rudyk e o malaio Azizulhasni Awang.

Veja o vídeos do melhores momentos:

Além disso você também pode se interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.