Eddy Merckx | “Van der Poel pode ganhar tudo, até o Tour”

Merckx
A lenda belga acredita que van der Poel poderia usar a camisa amarela se ele mudar o foco para a estrada.

O céu é o limite para Mathieu van der Poel. Pelo menos, essa é a opinião da lenda do ciclismo Eddy Merckx.

O piloto de 74 anos acredita que a estrela holandesa van der Poel “pode ​​vencer tudo – até o Tour de France”.

“Ele ficará aquém nas altas montanhas contra Pogacar e Bernal, mas se Geraint Thomas pode vencer o Tour, Van der Poel também poderá fazer isso”, disse Merckx ao Het Nieuwsblad, na sexta-feira.

Parece que Van der Poel pode fazer tudo, colecionando vitórias em corridas por etapas e clássicos na estrada, conquistando três vitórias no campeonato mundial de ciclocross e competindo no topo do mountain bike.

Sem a possibilidade de correr no XCO de Tóquio, que esta fora da agenda de 2020, Van der Poel está depositando suas esperanças na temporada em um ambicioso plano de disputar o Tour e a Vuelta.

A Merckx destacou a falta de experiência de Van der Poel nas grandes subidas, dizendo que “ele terá que se concentrar mais em corridas de estrada e mountain bike” para aprimorar suas habilidades em grandes turnês.

Embora Van der Poel esteja esperando que sua equipe receba um convite curinga para o Tour, para que ele faça sua estréia na Grand Tour, ainda há pontos de interrogação sobre se haverá um Tour e, se houver, como será.

Enquanto os ministros franceses afirmam que todos os eventos esportivos deste ano serão realizados a portas fechadas, assim sem publico. Os organizadores do Tour, a ASO estão convencidos de que sua corrida será realizada com fãs na beira da estrada como em um ano comum.

A Merckx, que venceu o Tour pelo recorde de cinco vezes, preferia não ver o Tour do que uma versão simplificada.

“Um Tour de France sem audiência simplesmente não é um Tour de France”, disse Merckx. “As pessoas do lado são parte da corrida. Não me interpretem mal, também espero que o Tour possa continuar. Entendo que é importante para os pilotos e as equipes. Mas para mim, pessoalmente: é melhor não ter o tour do que ter o tour sem público. Eu consideraria isso patético.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.