França oferece €50 para consertar sua bicicleta em lojas registradas

bicicleta

A França está enfrentando os desafios de transporte durante a pandemia, oferecendo aos cidadãos 50 euros para gastar consertando sua bicicleta.

Os cidadãos podem gastar até € 50 em mecânicos registrados, como parte de um esquema de € 20 milhões. Esse total em dinheiro também será usado para treinamento de ciclismo e vagas de estacionamento temporárias.

Os defensores da bicicleta como meio de transporte estão atualmente pressionando o governo por financiamento e orientações claras sobre a infraestrutura temporária. E dessa maneira permitir que mais trabalhadores usem suas bicicletas durante o bloqueio da pandemia e além.

De acordo com a BBC, a ministra da Transição Ecológica da França, Elisabeth Borne, disse que em tempos normais, 60% das viagens feitas na França são inferiores a cinco quilômetros, então a bicicleta é “uma solução real de transporte”, visando a redução de números de carros no transporte urbano e manter a poluição do ar baixa.

No início do período de bloqueio, o governo do Reino Unido classificou as lojas de bicicletas como varejistas essenciais, permitindo-lhes operar e consertar / manter bicicletas para os principais trabalhadores em exercício (apesar de terem parado de oferecer dinheiro público para gastar nas lojas de bicicletas em consertos).

Outras nações da Europa; incluindo Alemanha e Áustria; foram mais lentas para permitir que as lojas de bicicletas permanecessem abertas, mas chegaram lá em meados de abril.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.