Por que você transpira mais quando ganha condicionamento físico?

temperatura

Fala galera do Triathlon, o verão está chegando e com isso a temperatura aumenta, e se você está treinando para algum evento ou apenas para se manter em forma, é provável que esteja suando mais.
Assim vamos falar um pouco sobre isso que muitas vezes é negligenciado e pode ser uma das causas de perda de performance ou até a razão de não termos uma evolução.

A razão pela qual suamos se resume em regulação do calor interno.

Não importa o quanto aprimoremos nossa técnica, nunca (do ponto de vista do seu corpo) seremos eficientes o bastante quanto a produção e dissipação de calor.
Grande parte da energia usada durante uma atividade não é usada no movimento, mas na produção de calor. É por isso que, mesmo em um dia frio, sentimos calor e suamos muito ao correr ou andar de bicicleta, mesmo usando roupas leves.
Isso pode ser um problema, porque a temperatura corporal permite pouco espaço de variação até o superaquecimento se torne um risco a sua vida.
Um aumento de 37 ° C para 40 ° C é suficiente para causar problemas reais; portanto, dissipar o calor de forma eficiente é primordial para manter-se em atividade por longos períodos de tempo.

A transpiração é o método mais eficaz do corpo para dissipar o calor.

A evaporação da água através da pele retira muita energia térmica. É por isso que algumas pessoas sentem frio ao sair da piscina ou do mar, mesmo em um dia quente, pois a cobertura da água evapora rapidamente na atmosfera, levando calor corporal com ela.

Como seu corpo se ajusta?

À medida que você ganha condicionamento, um dos efeitos é que você gasta mais energia (calorias) mais rapidamente e, portanto, mantém intensidades mais alta por um maior período de tempo. Porém, como a produção de calor está ligada à intensidade do exercício, seu corpo também se aquece mais rapidamente quando você está em forma e, portanto, precisa
melhorar o resfriamento.

temperatura
Foto reprodução

Uma das principais maneiras de fazer isso é diminuindo a temperatura corporal, então você começa a suar em antecipação ao fato de que a temperatura do seu corpo aumentará. Simplificando, à medida que você fica mais condicionado, vai gerar mais calor, o corpo responde a isso ‘aumentando’ sua resposta de transpiração e começa a suar mais cedo, a fim de reduzir o risco de superaquecimento.

Todos suam por igual?

Se pegássemos um corredor de maratona de elite e alguém que havia acabado de começar a treinar e os fizessem correr juntos em um ritmo de 6 minutos por km, seria muito lento para o corredor de elite, mas difícil para um iniciante. Nesse cenário, o iniciante certamente suará mais, porque ele está correndo relativamente mais. Mas se o atleta profissional corresse em
uma intensidade relativa semelhante (talvez algo como 3 minutos por quilômetro), ele suaria mais que o iniciante, devido a uma resposta de suor mais desenvolvida.

Outros fatores que podem influenciar

O condicionamento não é o único fator que afeta a taxa de suor; algumas pessoas apenas suam mais que outras, independentemente de quão treinadas ou destreinadas estão. A genética desempenha um grande papel na determinação da taxa de suor de um indivíduo, bem como do
tamanho do corpo – as pessoas maiores geralmente suam mais que as pessoas menores, simplesmente porque possuem uma área corporal maior e mais massa muscular para gerar calor. Homens, em média, também suam mais que mulheres. Além disso, a aclimatação ao calor promove um aumento na taxa de suor pela mesma razão básica que o aumento dos níveis de condicionamento físico.

Em resumo, existem muitos fatores que afetam sua taxa de transpiração e a aptidão é apenas um deles.

Quanto o suor me afeta?

Uma taxa elevada de suor pode causar acelerada perda de líquidos e eletrólitos que são primordiais para atividades de longa duração. Uma maneira de avaliar isso é verificar seu peso antes e depois de 1 hora em atividade sob diversas condições de temperatura e intensidade, dessa forma você vai poder, ao menos ter alguma ideia, podendo fazer um controle sobre a perda de líquidos (acima de 3% de perda de peso já é notável uma queda na performance) que pode ser perigosa em uma condição de calor como as que temos aqui no Brasil durante o verão.

Deixe seus comentários e vamos conversando mais sobre.

Grande abraço galera e vamos juntos nessa jornada.
Italo Valu
Treinador de Triathlon ; Graduado em Ed Física
Treinador Certificado IronMan;
CBTRI Nível 2; Training Peaks
valubikes@gmail.com

Instagram: @VALU_TRI
Facebook: Valu Triathlon
SITE: www.Valutri.com

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.