Froome explica por que ainda não está convencido com freios a disco

Chris Froome analisa sua nova bicicleta, mas não está 100% convencido sobre os freios a disco

O tetracampeão do Tour, Chris Froome, esta em uma nova equipe para 2021 e, após 11 anos com a Pinarello Dogma, ele também está trocando de bicicleta. Assim em um vídeo recente, onde apresenta sua nova Factor Ostro VAM, passa algum tempo refletindo e criticando os freios a disco para a estrada.

Depois de assistir ao vídeo, a verdade é que, embora a postura de Froome não seja inteiramente a favor dos atuais freios a disco, não se pode dizer que ele seja um detrator deles. Desde 2018, quando foi aprovado seu uso em competição, o mundo parece estar dividido entre ciclistas pró-freio a disco e ciclista anti-freio.

Na hora de falar sobre os freios a disco, Froome passa muito tempo

“Ainda não estou 100% confiante com eles. Mas tenho usado nos últimos meses e em termos de desempenho, eles são ótimos. Eles sempre param quando preciso parar … seco, molhado, eles funcionam, eles fazem o trabalho, eles fazem o que devem fazer.”

“As desvantagens dos freios a disco… o atrito constante, o potencial de mecânica, o superaquecimento, os discos empenam quando você está em uma descida por mais de 5-10 minutos em frenagem constante.”

“Pessoalmente, não acho que a tecnologia esteja exatamente onde deveria estar ainda para o ciclismo de estrada. Acho que a distância entre o disco e os rotores ainda é muito estreita, então você terá fricção, você está vai ter um pistão que dispara mais do que outro… Você vai ter esses pequenos problemas. Assim eu não acho que os pistões retraem da maneira que deveriam ser o tempo todo. “

“Eu aceito que essa é a direção que a indústria quer seguir. Então nós, como ciclistas, teremos que nos adaptar e aprender a usá-los. Assim eu acho que se você ainda não está com os freios a disco, é só uma questão de tempo até você ver seu equipamento obsoleto.”

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.