Cada hora que você pedala acrescenta uma hora à sua vida, diz estudo

pedala

Pesquisadores holandeses afirmam que andar de bicicleta ajuda literalmente a viver mais. Pessoas que pedalam vivem em média seis meses a mais do que aquelas que não andam de bicicleta.

Uma equipe da Universidade Utrecht da Holanda entrevistou 50.000 holandeses, examinando seus padrões de mobilidade.

Os pesquisadores determinaram que “O holandês médio pedala cerca de 75 minutos por semana. Então isso representa mais de um quarto de todas as viagens feitas.”

Os cientistas então colocam os dados dessa pesquisa na Ferramenta de Avaliação Econômica da Saúde (HEAT). Quando eles inseriram os dados de sua pesquisa nesta ferramenta de saúde pública, eles descobriram que o ciclista holandês médio que pedala viveria surpreendentemente cerca de seis meses a mais graças ao seu hábito saudável.

O professor da Universidade de Utrecht, Carlijn Kamphuis, trabalhou no estudo e assim apontou que esses dados sugerem que, pelo menos na Holanda, “parece que cerca de 6,5 mil mortes prematuras são salvas a cada ano por meio do ciclismo”.

“Esta é uma informação importante para convencer os formuladores de políticas sobre a importância de promover medidas de ciclismo”, então disse Kamphuis. “Os números falam por si. Um investimento em melhores ciclovias, por exemplo, é facilmente recuperado por meio de enormes benefícios para a saúde e economias financeiras potenciais. Existem também outros benefícios em andar de bicicleta, incluindo melhor qualidade do ar, tráfego reduzido e à medida que as pessoas se movem mais, menos carga devido a doenças.”

Leia aqui a publicação original da pesquisa.

Foto arquivo pessoal

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.