Sense Enduro Cup 2019: André Bretas é campeão na 1ª etapa

O fim de semana foi mais do que especial para o piloto André Bretas, de Governador Valadares (MG). Representante da Specialized Racing BR, o mineiro viajou à Nova Lima (MG) para a abertura do inédito Sense Enduro Cup, evento reconhecido pela CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) como campeonato nacional de Enduro em 2019. Ao final da tarde de domingo (7), Bretas sagrou-se campeão da primeira de três etapas. O título teve um sabor único pela presença de sua família, com a filha e a esposa, grávida de seu segundo filho, assistindo a competição.

“Meu maior prêmio não foi o primeiro lugar da prova. Todos sabem que estou na luta para representar bem o Brasil no exterior, no Enduro World Series e em outras importantes corridas fora do País, e ter os melhores resultados possíveis há um bom tempo. Mas, nesta abertura do Sense Enduro Cup, tive minha família bem perto de mim. Sempre corro provas internacionais. Assim, ter eles aqui perto de mim, acompanhando tudo, foi incrível”, comemorou o campeão.

Piloto mineiro exibe troféu de campeão (Divulgação)
Piloto mineiro exibe troféu de campeão (Divulgação)

Para vencer a etapa, com o tempo total de 18min58seg520 na soma das sete especiais, Bretas superou grandes nomes do Enduro nacional, como Henrique Becker (19min12seg180) e Bernardo Neves (19min13seg750), vice-campeão e terceiro colocados, respectivamente, e Leonardo Mattioli (19min22seg790) e Diego Knob (19min42seg), que completaram o pódio da elite masculina. Danielle Daher (23min53seg580) venceu o feminino, seguida de Nara Faria (25min39seg870), Barbara Jechow (26min03seg390), Monica Mccosh (28min03seg040) e Camila Jorge (30min50seg980).

“Foi um final de semana duríssimo, mesmo a quilometragem total sendo baixa. Percurso físico, todas especiais duras e algumas delas técnicas. Fui feliz na minha estratégia de prova, começando desde a escolha da bike certa para o terreno da região de Belo Horizonte, até o fato de ter aberto uma vantagem boa na primeira especial, para administrar na frente. Isso me deixou realmente cansado, mas me deu a possibilidade de controlar nas parciais seguintes”, revelou Bretas, ciclista que pedalou com sua S-Works Stumpjumper 29 LT (Long Travel) preparada especialmente para a corrida. “Minha bike é a escolha perfeita para o Enduro brasileiro. Vou com ela no EWS, uma bicicleta que só me deu alegrias”, contou.

André Bretas durante etapa (Ney Evangelista NG Fotos)

“Super feliz de ver um evento deste porte sendo realizado no Brasil. A estrutura e a organização foram impecáveis e estão de parabéns pelo o que fizeram em Nova Lima. Sem dúvidas, o campeonato veio para abrilhantar o cenário do Enduro e dar o gás que a modalidade precisava para seguir evoluindo”, completou o atleta, que conta com patrocínio de fábrica dos amortecedores Öhlins. O Enduro Sense Cup segue com mais duas etapas, Petrópolis (RJ), em junho, e Urubici (SC), em setembro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.