Ciclofaixas pintadas resultam em mais “finas” revela estudo

As ciclovias pintadas não são a solução para manter os ciclistas seguros, já que os motoristas têm maior probabilidade de cruzar com os ciclistas que as utilizam,  apontou a pesquisa.

No maior estudo desse tipo, os pesquisadores forneceram 60 dispositivos chamados de “Meter Box” para ciclistas, um dispositivo com sensores que medem a distância que os motoristas mantem ao passar por um ciclista.

Ao medir mais de 18.500 ultrapassagens de 422 viagens, o estudo constatou que 1 em cada 17 ultrapassagens chegou a um metro de distância.

O autor Ben Beck, da Monash University em Melbourne, Austrália, disse: “Sabemos que os veículos que passam perto dos ciclistas aumentam a sensação de insegurança dos mesmo ao andar de bicicleta e isso atua como uma forte barreira para aumentar a participação no ciclismo.”

Ciclofaixas pintadas resultam mais finas diz estudo (3).jpg
Foto reprodução

 

“Nossos resultados demonstram que uma única tira de tinta branca não oferece um espaço seguro para as pessoas que andam de bicicleta.”

O estudo, realizado em parceria com a Fundação Amy Gillett, financiada pela Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde da Monash e um subsídio da Segurança Rodoviária da Comunidade de Acidentes de Transporte (TAC), envolveu viagens de medição realizadas pelos 60 ciclistas em Melbourne.

De acordo com a pesquisa, 123 eventos de passagem chegaram a menos de 60 cm, enquanto em zonas de maior velocidade (acima de 60 km/h), quase 1 em cada 3 eventos de passagem foi com menos de 150 cm.

Houve cerca de 1,7 ultrapassagens a mais do que um metro para cada 10 km percorridos.

 

Ciclofaixas pintadas resultam mais finas diz estudo (5).jpg
Foto reprodução

O Dr. Beck explicou por que as ciclofaixas pintadas tiveram um aumento nas passagens próximas: “Quando o ciclista e o motorista compartilham uma pista, o motorista é obrigado a realizar uma manobra de ultrapassagem.”

“Isto está em contraste com estradas com uma ciclovia com proteção onde o motorista não é obrigado a ultrapassar.”

“Isso sugere que há menos exigência consciente para que os motoristas forneçam uma distância de passagem adicional”.

O Dr. Beck acrescentou que, para melhorar a segurança e aumentar a participação no ciclismo, é necessário mais investimento no fornecimento de infraestrutura cicloviária segregada que proteja os ciclistas com uma barreira física.

Ciclofaixas pintadas resultam mais finas diz estudo (8)
Foto reprodução

Muitas partes da Austrália começaram a introduzir leis de distância mínima para manter os ciclistas em segurança, com os motoristas obrigados a passar no mínimo 1 metro quando até 60 km/h e 1,5 metros quando acima de 60 km/h.

Mas em Victoria, o estado onde o estudo foi realizado o estudo, não há distância legal  minima,  mas os motoristas são aconselhados a manter 1 metro ao ultrapassar os ciclistas.

No Reino Unido, os motoristas podem ser multados por passarem a menos de 1,5 metro de um ciclista, com algumas forças policiais usando até mesmo táticas secretas para interceptar os motoristas que desrespeitam as regras.

Ciclofaixas pintadas resultam mais finas diz estudo (1).jpg
Foto reprodução

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.