Veja a cartilha que a CBC lançou sobre prevenção ao Doping

Na última quinta-feira, 27 de junho, durante o Congresso Técnico do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada Elite, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), em parceria com o Ministério Público do Trabalho, lançou uma cartilha de prevenção ao doping: “Pedalando contra o doping, assédios, abusos, racismo e outras fraudes e formas de violência”.

O material, elaborado pelo Dr. Paulo M. Schmitt, presidente do Comitê de Ética e Integridade da CBC, busca abordar situações de desvios éticos e falta de integridade que podem acontecer dentro do esporte, alertando sobre a gravidade do tema e orientando sobre como proceder no caso de dopagem, fraudes, abordagens, aliciamentos, preconceitos, assédios, abusos e demais práticas de violência.

Apresentação.jpg
Apresentação Dr. Paulo M. Schmitt
Crédito: Luis Claudio Antunes/CBC

“Esse é um assunto delicado, mas sabemos o quão importante é criarmos meios de ampliar esse canal de prevenção e informação entre os atletas e demais membros do esporte com a confederação, provocando o debate e executando inúmeras ações para proteger e orientar o ciclismo e todos os seus atores”, destacou Paulo.

Além do Doping, o material educativo também aborda outros assuntos importantes como o combate ao assédio e abusos, racismo, dicas de conduta, além de orientações para denunciar qualquer tipo de violação ao Código de ética da CBC, o qual regula o comportamento, as relações profissionais e comerciais envolvendo o ciclismo e seus elementos, como os membros de comissões técnicas e atletas de seleções nacionais, árbitros, dirigentes, entre outros.

Acesse a nossa Cartilha de Prevenção ao Doping no Ciclismo: [ DOWNLOAD ]

Conheça e faça também o download do Código de Ética da CBC: [ Código de Ética ]

Palestra de lançamento da Cartilha de Prevenção ao Doping 1.jpg
Palestra de lançamento da Cartilha de Prevenção ao Doping
Crédito: Luis Claudio Antunes/CBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.