Copa Norte e Nordeste de Ciclismo: Bahia domina provas da Elite no 2ª dia

copa-norte-e-nordeste-2019-largada
Renato Martins e Cristiane Duque conquistaram a medalha de ouro neste sábado na prova de resistência. Tocantins segue líder com 360 pontos

O dia foi de testar a preparação dos competidores da 42a edição da Copa Norte e Nordeste de Ciclismo – Troféu Ademir Alves. Os ciclistas enfrentaram provas que somaram mais de 80km em algumas categorias. A competição soma pontos para o Ranking Brasileiro e reúne os melhores atletas dos 16 estados participantes.

Os primeiros a entrarem na pista foram os atletas das categorias de base e masters. A disputa foi apertada em todas as categorias, espelho da rivalidade entre os estados que estão na briga pelo título da classificação geral, que este ano conta com premiação especial oferecida pela Sense Bike.

copa-norte-e-nordeste-2019-concentracao
Crédito: Wesley Kestrel/CBC

O estado campeão levará para casa uma bicicleta do modelo Vortex, uma estradeira de carbono desenvolvida em parceria com a Swift Carbon, marca que pertence a Sense. Já o segundo e terceiro lugares irão ganhar o modelo Criterium, montada com freio a disco e destacada pela sua alta qualidade.

Na Elite feminina

Com uma estratégia bastante consciente e agressiva, a seleção baiana surpreendeu os adversários ao vencer as provas da categoria Elite masculino e feminino. As duas corridas são as que mais valem pontos para os estados. Entre as mulheres, apesar das tentativas de fuga, as medalhas foram decididas apenas no sprint final.

A baiana Cristiane Duque levou a melhor e comemorou a medalha de ouro, enquanto Eliana Lobato, da seleção de Rondônia, festejou a prata, seguida de perto por Karine Frota, da seleção piauiense, com a medalha de bronze.

copa-norte-e-nordeste-2019-fuga-cristiane-venceu-no-sprint
Crédito: Wesley Kestrel/CBC

Eu decidi participar da copa meio que de última hora, apenas para ajudar a nossa federação, então ontem acabei ficando em quarto lugar, mas hoje na prova de resistência, tínhamos um circuito seletivo e, mesmo com o grupo vindo compacto para a chegada, consegui sair com a vitória e estou muito feliz por conquistar a primeira colocação e ajudar a Bahia na classificação geral”, destacou Cristiane.

Na Elite masculina

Já na Elite masculina, os atletas percorreram mais de 80km de percurso sob muito calor e vento forte. Logo no início, três atletas se destacaram do pelotão principal e aos poucos se consolidaram na liderança da competição. No sprint, Renato Evangelista Martins, da Seleção Baiana, não deu chance para os adversários e conquistou a medalha de ouro sob muita festa dos companheiros de equipe.

“A prova foi bastante dura, com muito sol, então tivemos que ter muito cuidado para não fazer força na hora errada. Acabei saltando em uma fuga com os atletas da Paraíba e Pará, rodamos por igual e na chegada consegui o ouro. Estou muito feliz, principalmente pelo incentivo que recebi durante toda a prova. A seleção baiana vem competir como uma família, com um espirito de união e acima de tudo, agente vem para se divertir, brincar e sair feliz”, destacou o campeão.

copa-norte-e-nordeste-2019-renato-martins-ao-centro
Crédito: Wesley Kestrel/CBC

A medalha de prata ficou com Pedro Paulo Alves, da Seleção da Paraíba, enquanto o bronze foi conquistado por Daelson Silva dos Santos, da Seleção Paraense.

Nas demais categorias

Pedro Hanry (Seleção Baiana), venceu na Infantojuvenil; Rafael Gomes (Seleção Sergipana), na Juvenil; Daniel do Carmo (Seleção Paraense), na Junior e Yana Camargo (Seleção Tocantinense), na Junior feminino.

Renan de Santana (Seleção Baiana), conquistou ouro na Master A1; Daniel Souza (Seleção Baiana), na Master A2; Ueslei dos Santos (Seleção Sergipana), na Master B1 e Junior Cesar (Seleção Tocantinense), na Master B2. Pedro Silva (Seleção Sergipana), venceu na Master C1; Alaerte Kottwitz (Seleção Rondoniense), na Master C2 e Wueriton Rabelo (Seleção Baiana), na Master D1.

Crédito: Wesley Kestrel/CBC
Liderança da prova

Com os resultados acumulados após dois dias de disputa, a Bahia assumiu a segunda colocação isolada e encostou no Tocantins, líder geral com 360 pontos. Agora, a diferença entre os dois estados caiu para apenas 20 pontos. O Pará aparece em terceiro com 251 pontos.

A Copa Norte e Nordeste de Ciclismo de Estrada é uma organização e realização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Sergipana de Ciclismo (FSC), com patrocínio da SENSE Bicicletas, Fecomercio, Sesc, Senac, Setransp, Magazine Bike Show, RR Bike, Valor Imobiliária, Ecociclo e NC Eletrônica. O apoio é da prefeitura municipal de Aracaju e Governo do Estado de Sergipe.

Classificação

Prova de contrarrelógio – Resultados
Prova de Resistência – Resultados

Leia a notícia anterior da prova

Crédito: Wesley Kestrel/CBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.