Viver de Bike realiza formação para São Miguel Paulista gerar renda com bikes

Viver de Bike
Curso  Grátis Viver de Bike na Zona Leste com 15 vagas

O distrito de São Miguel Paulista é a região da Capital onde mais se usa a bicicleta como meio de transporte. Segundo a pesquisa Origem Destino do Metrô de 2017, são realizadas lá cerca de 7,5 mil viagens diárias de magrela. Entre os motivos, o bairro é convidativo às pedaladas e, por ser na periferia, o transporte público acaba consumindo boa parte do orçamento familiar.

Para potencializar as bicicletas também para gerar renda na região, o Instituto Aromeiazero, com apoio da Fundação Tide Setúbal, vai realizar o curso gratuito, Viver de Bike, destinado a 15 moradores e moradoras locais com interesse para iniciar um trabalho partir do uso da bicicleta.

Viver de Bike
Foto divulgação

O curso terá 32 horas de duração, com metade das aulas voltada para ensinar mecânica básica de bicicletas. A outra metade vai abordar o potencial de geração de renda com bicicletas com temas de educação financeira e segurança viária

Serão oito aulas de quatro horas de duração que ocorrem nas dependências do Galpão ZL, espaço destinado a ações que fomentem uma rede de inovação, transformação e empreendedorismo mantido pela Fundação Tide Setubal em parceria com a Sociedade Amigos do Jardim Lapenna. Elas acontecem nos dias 18, 19, 21, 22, 25, 26, 27 e 28 de novembro, das 15 às 19 horas. 

Processo seletivo

As inscrições terminam em 9 de novembro e devem ser realizadas no formulário eletrônico http://bit.ly/vdbikezl ou presencialmente no Galpão ZL. Para participar, é necessário ser maior de 16 anos. A seleção de participantes vai observar os seguintes critérios:

  • Vontade de gerar renda a partir do uso da bicicleta
  • Estar desempregada (o)
  • Paridade de gênero – mínimo de 50% da turma composta de mulheres
  • Representatividade LGBTQIA+
  • Diversidade étnica-racial
  • Comprovar residência ou atuação em São Miguel Paulista

Quem completar a carga horária vai receber certificado de conclusão e podem ser encaminhados para vagas de trabalho ou outras formações para continuar o desenvolvimento das habilidades.

Viver de Bike
Foto divulgação
Bairro também recebe o Bike Arte Gira

Para potenciar o conhecimento que a população local já têm dos benefícios que a bicicleta proporciona na sociabilidade e sustentabilidade da comunidade, além do festival a céu aberto que acontece no dia 9 de novembro, o Bike Arte Gira promove quatro formações educacionais e artísticas. As oficinas gratuitas têm as temáticas Grafite, Serigrafia, Cicloturismo e Cicloativismo e vagas para até 25 pessoas cada. Inscrições até 2/11. O Bike Arte Gira é financiado pela Uber via Pro-mac, programa de incentivo à cultura da Prefeitura de São Paulo.

Sobre o Instituto Aromeiazero

O Instituto Aromeiazero – www.aromeiazero.org.br –  é uma organização sem fins lucrativos que promove a bicicleta como instrumento de transformação social, cultural e pessoal, estimulando a diversidade e a colaboração. A missão é promover uma visão integral da bicicleta não só como transporte, mas também como  expressão artística, geração de renda, lazer, esporte e também como ferramenta de mudança no modo de vida, visando a humanização das relações nos centros urbanos.

Você também pode se interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.