Brasil encerra 3º dia com bons resultados no mundial de paraciclismo de pista

A seleção brasileira segue empenhada na busca por uma medalha no Campeonato Mundial de Paraciclismo de Pista, que está sendo disputado na Holanda, com presença dos melhores atletas do planeta. Nas provas realizadas nesta sexta e sábado (15-16/03), os brasileiros voltaram a alcançar bons resultados e agora, entram motivados para o último dia de competição.

Na sexta-feira, Marcia Fanhani (Paratleta) e Cristiane Silva (Piloto), que competem na categoria Tandem, foram os destaques da equipe brasileira ao conquistarem a 11ª colocação na prova de Perseguição Individual. No mesmo dia, a seleção disputou as provas de 1km contrarrelógio com Carlos Alberto Soares (13º Lugar na MC1) e Victor Herling (23º Lugar na MC2), além de competir as primeiras corridas da Omnium, que teve Lauro Chaman fazendo o 4º melhor tempo na prova de Velocidade Individual.

Carlos Alberto
Carlos Alberto – Crédito: Peter Donderwinkel

Os paraciclistas seguiram competindo em alto nível neste sábado, onde Lauro Chaman voltou a aparecer entre os melhores do mundo, desta vez na prova de Perseguição Individual. Lauro fechou sua participação com 4min34s888, ficando a pouco mais de um segundo da medalha de bronze, que foi conquistada pelo britânico Jonathan Gildea com 4min33s531. O australiano Alistair Donohoe (4min27s456) conquistou o ouro e o ucraniano Yehor Dementyev (4min31s102) levou a prata. Soleito Gohr completou na 15ª posição.

Entre os demais atletas da seleção, Carlos Alberto disputou a prova de Scratch e finalizou na 9ª colocação da categoria MC1, enquanto Marcia Fanhani (Paratleta) e Cristiane Silva (Piloto) fizeram o 18º tempo na prova de 1km contrarrelógio. Os resultados completos podem ser encontrados no site oficial do evento http://www.votrecourse.com

Vitor Herling
Vitor Herling – Crédito: Peter Donderwinkel

Neste domingo, 17, os paraciclistas enfrentam o último dia de provas do Mundial. O brasileiro Lauro Chaman entra na Scratch como um dos principais favoritos, principalmente por estar defendendo o título conquistado em 2018 no Rio de Janeiro. Soelito Gohr também disputa a Scratch, Marcia Fanhani (Paratleta) e Cristiane Silva (Piloto) competem a Velocidade na Tandem, e o time brasileiro (Lauro, Soelito e Carlos) finaliza sua participação na prova de Velocidade Por Equipes.

Soelito Gohr
Soelito Gohr – Crédito: Peter Donderwinkel

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.