Raiza Goulão relata que síndrome de RED-s tem sido razão do baixo rendimento

raiza-golao-relata-estar-enfrentando-red-s

A atleta publicou em suas redes sociais o que chama de desabafo.

Veja o texto e o vídeo onde Raiza fala do delicado momento sobre a RED-s que esta passando em sua carreira com ciclista profissional.

Texto de Raiza:

No último ano, entre 2018 e 2019, apresentei sintomas que comprometeram minha perfomance e risco para minha saúde. Em duas semanas na Europa, nas Copas do Mundo (Andorra e França), durante o mês de julho, tive um importante quadro de falta de ar.

Além desse quadro respiratório, outros sintomas que eu vinha apresentando fizeram com que a equipe médica e nutricional diagnosticasse em mim um quadro de Síndrome RED-S. Imediatamente decidimos iniciar o tratamento. Essa é a sigla em inglês de uma síndrome que afeta atletas e tem relação com uma baixa disponibilidade energética no esporte. Essa baixa reserva energética é responsável por alterações hormonais, metabólicas e na imunidade.

O atleta só se dá conta, no entanto, quando a perfomance caí e já não consegue responder aos treinos. Os órgãos e federações na área de esporte de diversos Países já alertam para o risco do atleta adoecer com essa síndrome e inclusive recomendam o afastamento em determinadas situações. No Brasil, o quadro ainda é pouco conhecido e diagnosticado.

A equipe que cuida de Raiza

A equipe multdisciplinar que cuida de mim, composta pela @fefalima , Dra. Tathiana Parmigiano e Nutricionista Elizabeth Moraes, juntamente com meu treinador Helio de Souza, iniciou um protocolo de recuperação, que implicará em mudanças no calendário.

Isso impediu, neste momento, que eu viajasse para as etapas da Copa do Mundo da Itália e Suíça, além do Campeonato Mundial, no fim deste mês, no Canadá. No entanto, seguirei em ritmo moderado de competição até o fim deste ano, para voltar com força total em 2020.

Agradeço a todos que estão do meu lado, que me apoiam e acreditam no meu potencial. Minha equipe #Corinthians Audax Bike Team, familiares, amigos e demais pessoas do meu estafe. Todas têm sido extremamente importantes para mim.

Entenda a Síndrome de RED- S

De acordo com o artigo do Globo Esporte, a “Deficiência de Energia Relativa no Esporte (RED-S) está relacionado com uma inadequação de disponibilidade de energia para atender as demandas metabólicas do corpo e da prática esportiva. Trata-se de um desequilíbrio entre o consumo e o gasto energético.

Na RED-S ocorrem inúmeras alterações fisiológicas como: alterações imunológicas, gastrointestinais, no crescimento e desenvolvimento, cardiovasculares, hematológicas, endócrinas (alterações hormonais), psicológicas, desordens alimentares, saúde óssea e no metabolismo.

Atletas que sofrem de baixa disponibilidade energética, a longo prazo, podem sofrer com fadiga crônica e aumento do risco de infecções e doenças, podendo prejudicar a saúde e o desempenho

Leia na integra a publicação do Globo Esporte.

Veja a notícia anterior sobre Raiza