Pan-Americanos 2019 – No último dia, Cauan e Derlayne representaram o Brasil no BMX Freestyle Park

pan-americano-2019-cauan-madona-e-derlayne-roque-bmx-freestyle-park
Foi a primeira vez que a o BMX Freestyle fez parte dos Jogos Pan-Americanos
pan-americano-2019-cauan-madona-no-bmx-freestyle-park
Cauan durante Manobra
Crédito: Alexandre Castello Branco/COB

Com presença dos principais atletas do continente, a prova de BMX Freestyle Park chamou a atenção do público no último dia dos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Essa foi a primeira vez que a modalidade fez parte da competição. O Brasil foi representado por Cauan Madona e Derlayne Roque.

A prova teve início com a “Seeding Fase”, uma espécie de prólogo, onde cada piloto dá duas voltas valendo pontos virtuais apenas para definir a ordem de largada da fase final. Na briga por medalhas, Derlayne Roque terminou a prova feminina na 7ª colocação. A americana Hannah Roberts, terceira no último mundial, ficou com a medalha de ouro, seguida pela chilena Macarena Peréz, com a prata, e a argentina Agustina Roth, que levou o bronze.

pan-americano-2019-derlayne-roque-no-bmx-freestyle-park
Derlayne Roque
Crédito: Alexandre Castello Branco/COB

No masculino, Cauan Madona conquistou a sexta colocação. O primeiro lugar foi para o venezuelano Daniel Dhers, enquanto o argentino Jose Torres e o americano Justin Dowell terminaram na segunda e terceira colocações, respectivamente.

“Foi uma experiência muito importante para o amadurecimento geral da modalidade no Brasil. A competição teve um excelente nível, com presença de medalhistas mundiais e outros campeões. Mas nossos atletas fizeram uma prova consciente e conseguimos finalizar com uma boa apresentação”, declarou Diogo Canina, Coordenador do BMX Freestyle na CBC.

Leia a notícia anterior do BMX

Mais informações no site https://www.lima2019.pe/

pan-americano-2019-cauan-madona-e-derlayne-roque-bmx-freestyle-park
Derlayne Roque e Cauan Madona
Crédito: Alexandre Castello Branco/COB