Equipe Cannondale Brasil Racing disputa o Mundial de XCO no Canadá

equipe-cannondale-brasil-racing-disputa-o-mundial-no-canada
Viviane Favery, Sherman Trezza e Guilherme Muller participam da prova que será realizada no circuito de Mont-Saint-Anne, um dos mais tradicionais do MTB

A equipe Cannondale Brasil Racing participa neste sábado (31) do Campeonato Mundial de XCO (Cross Country Olímpico), competição que esse ano será realizada em Mont-Sainte-Anne, no Canadá. Os três atletas do time – Viviane Favery, Sherman Trezza e Guilherme Muller – já treinam desde o começo da semana no local da prova, que é um dos mais icônicos do Mountain Bike.

O circuito de Mont-Saint-Anne é um dos mais tradicionais da modalidade e desejado pelos atletas. Ele é apontado pela maioria dos pilotos como um dos mais difíceis por exigir não só muito da parte física, assim como da habilidade de pilotagem.

Viviane Favery

Contente com o investimento da equipe Cannondale Brasil Racing em mandar a equipe para a competição, a atleta Viviane Favery volta a disputar o Mundial depois de três anos. Empolgada com a oportunidade de correr pela primeira vez a prova por sua atual equipe, a ciclista aposta em um bom desempenho na etapa.

“Estou bem contente com a oportunidade. Vai ser uma grande experiência para nosso amadurecimento em provas internacionais. É uma pista técnica do circuito mundial, e isso é um fato que me empolga. Eu adoro esse quesito técnico da modalidade, me dá um frio na barriga, pois exige muita concentração e foco. Será minha primeira vez nessa pista, estou bem ansiosa e guardando energia para poder focar e desempenhar o melhor resultado possível”, comentou Vivi.

equipe-cannondale-brasil-racing-disputa-o-mundial-no-canada
Sherman, Viviane e Guilherme – Foto Cannondale
Sherman Trezza

Um dos atletas mais experientes do ciclismo brasileiro, Sherman Trezza viaja para o Canadá com a expectativa de melhorar cada dia mais seu desempenho no mountain bike. Lá estarão os melhores do planeta e participar de uma prova como essa é sempre um aprendizado, até mesmo para quem já pedala há quase duas décadas.

“Estou há um bom tempo sem competir uma prova desse nível no cenário internacional. Viajo para esse mundial não pensando tanto em resultado, mas com intuito de dar o meu melhor e aproveitar ao máximo a oportunidade de estar competindo no mais alto nível do esporte”, comentou Trezza.

Guilherme Muller

Quinto colocado nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, o atleta Guilherme Muller comemora a oportunidade de disputar mais um mundial. Muller, que correrá a prova como um dos três atletas masculinos selecionados pela Confederação Brasileira, também disputou a prova em 2018 e, para essa nova oportunidade, está confiante, acreditando que pode alcançar novos saltos em sua carreira.

“O Campeonato Mundial é sempre a principal prova da temporada. Fiquei na 42ª colocação no ano passado e, agora, vou em busca de melhorar ainda mais esse resultado e garantir pontos importantes para o ranking mundial. Essa é uma das pistas mais técnicas do MTB e me sinto preparado para encarar esse desafio”, finalizou o piloto.

Sobre a Cannondale

Fundada em 1971, a Cannondale é líder da indústria global, com uma forte reputação em design, inovação e qualidade no desenvolvimento e fabricação de bicicletas de alta performance, vestuário e acessórios. A sede da companhia está localizada em Wilton, Connecticut, EUA, com escritórios espalhados pelo mundo. A marca faz parte do grupo canadense Dorel Sports e no Brasil é comercializada pela Caloi.

Para mais informações acesse o site da marca.

Leia a notícia anterior da marca.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.