Festival Brasil Ride | Sherman e Letícia vencem a 1ª etapa em Botucatu

Festival Brasil Ride
Warm Up Pro teve início neste sábado (21) com percurso de 98,6 km entre Botucatu (SP) e Pardinho (SP). Campeões desta e das demais disputas serão definidos neste domingo (22)

A oitava edição do Festival Brasil Ride Botucatu teve início na manhã deste sábado (21), na Cuesta Paulista, com a realização da primeira etapa do Warm Up Pro. Assim ao todo, os ciclistas pedalaram 98,6 km em 2.117 m de altimetria acumulada. Na disputa da elite masculina, Sherman Trezza (Trinx Brasil Racing) fico em primeiro lugar, ao cruzar a linha de chegada junto com Leandro Donizete (Team Groove). Já na feminina, Letícia Cândido (Specialized Racing BR) não deu chances para as adversárias e venceu com mais de 30 minutos de vantagem para Luiza Euzebio (SMELJ Curitiba) em segundo lugar.

Visual da Cuesta Paulista
(Fabio Piva / Brasil Ride)
Elite masculina

O vencedor da primeira etapa do Festival Brasil Ride acabou sendo improvável por conta do transcorrer da prova. Na primeira hora de prova, quem tomou a iniciativa foi João Paulo Firmino (Multibike/Specialized/LaMaglia), que abriu frente de quase 3 minutos na primeira passagem pela cidade de Pardinho. Contudo uma hora depois, o pelotão estava dividido, com Alex Malacarne (Specialized Racing BR), Sidnei Fernandes (IMS) e Leandro Donizete nas três primeiras posições, poucos segundos à frente dos demais. 

Festival Brasil Ride
Sherman Trezza e Leandro Donizete se cumprimentam na chegada
(Fabio Piva / Brasil Ride)

Na metade final da corrida, foi a vez de Gustavo Xavier (Specialiezed Racing BR), que dessa maneira estava em quarto lugar, ser o protagonista na prova. No primeiro ataque, com 2h10 percorridos, o ciclista foi neutralizado por seus adversários. Já no segundo, quando faltavam poucos quilômetros para o fim, um problema técnico em seu selim o tirou da disputa da ponta. Fazendo muito esforço para chegar no pelotão quando faltavam 20 km para o fim, Sherman Trezza surpreendentemente assumiu a liderança a poucos minutos do fim e teve a ajuda de Leandro Donizete, para os dois cruzarem a linha de chegada nas duas primeiras posições. Halysson Ferreira (Ciclo Cerrado Team) ficou em terceiro lugar, seguido de Hugo Prado Neto (OCE) e Alex Malacarne.

Comentários

“Não tive um bom dia em cima da bike. Mas, se tem uma mensagem que eu posso deixar para galera hoje é, não desista nunca e nem abaixe a cabeça, principalmente em uma prova longa como essa. Na primeira serra fui um dos primeiros a sobrar no pelotão da frente. Passei a corrida toda perseguindo o grupo, sofri demais e gastei muita energia para chegar lá. Mas no final, o jogo inverteu e contei com a ajuda do Leandro Donizete, nos unimos e terminamos na frente. Devo essa para ele e, se possível, o ajudarei na etapa de domingo como retribuição”, relatou Sherman.

“Acredito que ciclistas como o Leandro Donizete e o Halysson Ferreira tem vantagem na etapa final, porque eles estão com melhor ritmo de competição. Eu só corri prova de cross country olímpico, então vou tentar me recuperar bem para defender a liderança. Espero ter menos dificuldades no começo da corrida em relação a essa etapa”, assim finalizou o vencedor do dia.

Sempre entre os primeiros colocados durante os 98 km, Leandro Donizete relatou como a etapa foi decidida.

“Estou muito feliz com o meu resultado. Comecei um pouco cansado por vir de uma sequência de competições, com o corpo sofrendo um pouco. No final, estávamos na fuga com um pequeno grupo de atletas e entrei na trilha decisiva na última posição, meio que desacreditado. Quando entrou na subida, fui para o tudo nada e deu para ficar em segundo lugar. Parabéns aos rivais pela ótima corrida. Agradeço a todos que torceram por mim”, comemorou Donizete. 

Elite feminina

Entre as mulheres, Letícia Cândido não deu chances para o azar. Fazendo força do começo ao fim, focada unicamente em dar seu melhor durante a prova. Assim a ciclista não deu chances para suas rivais e terminou cerca de 34 minutos à frente da segunda colocada, Luiza Euzebio. Letícia construiu a vitória na etapa de forma sólida, aumentando a diferença para as adversárias de forma constante. O top 5 teve ainda Ana Luisa Panini (Panini Assessoria e Treinamento) em terceiro lugar, Fabiana Brandão (4Fun Bike Center) e Lutecia Azevedo.

Festival Brasil Ride
Chegada Letícia Cândido
(Ana Cecília Bergamini / Divulgação)

“As provas do Mario Roma sempre testam o limite dos atletas, independente da sua condição física atual. Realmente foi um teste físico para mim, porque foram quase 100 km, com uma primeira serra que eu não sei como ele encontra subidas tão duras. Mas, é bem legal porque traz um desafio grande para nós. Muita gente deve ter quebrado nesta serra. Depois trechos planos, mas que exigiam tocada firme, para no final termos bastante trilhas e com subidas. Dessa maneira muito desgastante, mas completar é motivo de felicidade para todos”, destacou Letícia.

“Esta é minha primeira vez em Botucatu. Eu sempre entro para fazer meu melhor e entreguei tudo que eu tinha. Agora, vou tentar me recuperar o máximo possível e adotar essa mesma estratégia na etapa final. Não me preocupo com as adversárias, mas sim em colocar dentro da prova tudo aquilo que eu venho trabalhando nos treinos. Tive um bom dia e espero fazer outra vez o que amo com qualidade neste domingo”, por fim comentou a vencedora.

Disputa do E-Bike

No primeiro dia do E-Bike, os atletas tiveram pela frente cinco voltas na pista de XCO, com 5,1 km e 170 m de altimetria por por volta, com largada no período da tarde. A dobradinha foi da equipe Specialized Racing BR, com Erick Bruske e Isabella Ribeiro cruzando a linha de chegada em primeiro lugar.

Programação do domingo

O Warm Up Pro tem a segunda etapa neste domingo, com 66,2 km e 1.711 m de desnível altimétrico, com largada às 8h. Já no E-Bike, às 8h45, os ciclistas têm pela frente uma maratona de 43 km e 1.073 m de altimetria. O Warm Up Sport, às 9h45, em etapa única, conta com 39,08 km e altimetria acumulada de 933 m, enquanto a categoria Tour, marcada para 9h50, faz sua estreia com circuito de aproximadamente 20 km e metade de altimetria da Sport, com o intuito de incentivar a prática de ciclismo para iniciantes. Assim o percurso é preparado cuidadosamente para a diversão dos ciclistas, levando em conta a pouca experiência dos participantes na modalidade. Por fim, a sempre divertida Kids Bike Race, com 1 km de extensão, encerra as atividades do Festival Brasil Ride às 10h30.

Ciclista atravessa ponte
(Fabio Piva / Brasil Ride)

Top 10 das elites no Warm Up Pro do Festival Brasil Ride

Masculino:
  1. Sherman Trezza de Paiva (Trinx Brasil Racing) – 3h46min15seg109
  2. Leandro Donizete (Team Groove) – 3h46min15seg293 
  3. Halysson Ferreira (Ciclo Cerrado Team) – 3h46min42
  4. Hugo Prado Neto (OCE) – 3h48min34
  5. Alex Malacarne (Specialized Racing BR) – 3h50min55 
  6. Gustavo Xavier (Specialized Racing BR) – 3h51min33
  7. Sidnei Fernandes (IMS) – 3h51min53
  8. Ricardo Pscheidt (Edro Bikes/Risco Zero/GR Aventura Team) – 3h55min33seg456
  9. Nicolas Machado (Trinx Brasil Racing) – 3h55min33seg924
  10. João Paulo Firmino (Multibike/Specialized/LaMaglia) – 3h56min18 
Feminino
  1. Letícia Cândido (Specialized Racing BR) – 4h24min11
  2. Luiza Euzébio (Padaria do Pão de Queijo) – 4h58min09
  3. Ana Luisa Panini (Panini Assessoria e Treinamento) – 4h58min51 
  4. Fabiana Brandão (4Fun Bike Center) – 5h00min11
  5. Lutecia Azevedo – 5h04min58
  6. Paula Gallan (Squadra Oggi) – 5h09min34
  7. Meire Alcântara (Full Gas Aporta / Brasil Ride) – 5h14min22
  8. Stefanye Lindolfo (Hoffmann/Taubaté/Groove) – 5h23min29 
  9. Luma Diniz (4Fun Bike Center) – 5h27min13 
  10. Nayara Safira – 5h33min31
Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.