Como a bicicleta ajuda nas recomendações de atividade física da OMS

oms
OMS recomenda dobrar os minutos de atividade física por semana

Quando a última diretriz da OMS foi publicada, em 2010, a recomendação era 150 min. de atividade física moderada ou 75 min. de alta intensidade por semana.

Para nós que pedalamos, muitos outros esportes valem a pena, mas é difícil pensar além das duas rodas de uma boa pedalada. A questão é que a OMS modificou seus critérios e, agora, afirma que é preciso dobrar o tempo que até agora vinha recomendando.

Por que a bicicleta é uma ótima escolha para cumprir as recomendações da OMS

Deve-se esclarecer que determinados esportes exigem mais sessões do que o ciclismo. Se medirmos pelo tempo, por exemplo, duas partidas semanais de futebol somam 180 minutos, assim seriam necessárias quatro delas por semana. Cada jogo de basquete dura cerca de 40 minutos, dessa maneira você teria que jogar mais de 7 por semana.

Contudo são números relativos, mas em resumo o que a OMS prescreve são 300 minutos de exercícios. Por isso é preferível optar por esportes menos explosivos e mais duradouros. Resumindo: exercícios prolongados são muito mais saudáveis ​​do que exercícios curtos e explosivos. E por isso a bicicleta é perfeita, porque uma pedalada passeando pode ir perfeitamente às 2 horas. Dessa maneira duas dessas por semana já supõem 240 minutos.

Outra maneira é simplesmente usando a bicicleta como meio de transporte todos os dias. O que entre idas e voltas ao trabalho, 5 vezes na semana, é possível que você gaste 30 minutos, dessa forma você já tem o tempo recomendado.

OMS
Foto reprodução
Aconselhamento da OMS além de 300 minutos

O relatório publicado pela OMS estabelece o tempo como medida de exercício para uma vida saudável. Essas indicações de atividade física têm como objetivo apenas nos tornar menos sedentários, e estabelecer o tempo necessário para que os adultos irem além de cerca de 5 horas por semana.

Até 5 milhões de mortes seriam evitadas com estilos de vida mais ativos e saudáveis, diz a própria OMS. Assim considerá-los pelo tempo pode nos ajudar a planejar nossa semana. Os valores são mantidos para crianças e adolescentes, e a mudança de 150 para 300 é a grande modificação, mas se refere apenas a adultos.

Um em cada quatro adultos, e quatro em cada cinco adolescentes, não atinge esses números, não ajudando a resolver os problemas de excesso de peso das sociedades desenvolvidas. A bicicleta, pela sua natureza constante, como meio de transporte e como atividade física não explosiva; embora possa ser circunstancial; mas de longa duração, é perfeita para cumprir estes hábitos.

Assim leia aqui a publicação da OMS.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.