Sesc São Paulo e ONG oferecem incentivo para inovação social com bike

sesc

As 10 selecionadas receberão apoio financeiro de R$4.000,00 para viabilizar a execução das ideias propostas

De acordo com a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), a cidade de São Paulo teve um aumento de 66% nas vendas de bicicletas em 2020 em relação ao ano de 2019. Dados mais recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), indicam que de janeiro a maio de 2021 a bicicleta então gerou 1.363 novos empregos com carteira assinada.

Assim pensando em promover a bicicleta como solução de mobilidade segura, seis unidades do Sesc (24 de Maio; Carmo; Consolação; Bom Retiro; Florêncio de Abreu e Parque Dom Pedro II) realizam, dentro da ação Territórios do Comum, a Bike-a-Thon Território Centro, idealizada pelo Instituto Aromeiazero. Assim trata-se de uma maratona de inovação social, criatividade e mentoria para apoiar o desenvolvimento de soluções que utilizem a bicicleta para fortalecer o território durante e pós pandemia.

sesc
Quem pode participar

Poderão participar da maratona, ONGs e coletivos, iniciativas que atuem com acessibilidade e pessoas com deficiência, lideranças comunitárias, ciclistas e cicloativistas, pequenos negócios e empreendedores, pesquisadores, educadores e estudantes, urbanistas, desenhistas e sociedade civil. Contudo vale ressaltar que é necessário residir ou ter uma relevante ligação com o centro de São Paulo.

Ao longo do mês de agosto irão acontecer bate-papos online sobre: Dimensões do uso da bicicleta na cidade (11/08) com Malu Gomes, idealizadora do projeto Bike Literária e Kamila Gomes Fonseca, gestora da EMEI Profª Edalzir Sampaio Liporoni; Bicicleta e Acessibilidade (18/08) com Ricky Ribeiro, fundador do Portal Mobilize e Daniel Moral, fundador do Bike Tour SP; e Políticas Públicas relacionadas à bicicleta na cidade (25/08) com Renata Falzoni, fundadora do Bike é Legal e Glaucia Pereira, idealizadora do Multiplicidade Mobilidade Urbana. Os debates serão mediados por Cadu Ronca e Murilo Casagrande, então os fundadores do Aromeiazero.

O intuito é preparar e inspirar as pessoas a se inscreverem

Assim após o período de inscrição, as dez propostas passarão por mentorias do dia 15 a 22 de setembro, relacionadas a Bicicleta e Impacto Social; Gestão de Inovação Social; Modelo de Negócio; Gestão Financeira; e Comunicação Digital. Por fim, farão uma apresentação no dia 25 de setembro, durante a Semana de Mobilidade. Cada uma das ideias selecionadas receberá um auxílio de R$ 4 mil para serem desenvolvidas.As inscrições poderão ser feitas até o dia 1 de setembro. O regulamento está disponível no site do Aromeiazero.

Fotos divulgação Aromeiazero / Sesc

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.