Carlos e Ana encerram participação nas Paralimpíadas de Tóquio

Paralimpíadas de Tóquio

Lauro Chaman e André Grizante brigam por medalhas na noite desta quinta (2/9), a partir das 21h30 (horário de Brasília)

A chuva não deu trégua para os atletas que competiram nesta quarta-feira (1/9), nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O circuito molhado e a baixa sensação térmica deixou a prova ainda mais exigente e disputada. A equipe brasileira competiu com Carlos Soares, na categoria MC1-3, e Ana Raquel, na WC4-5, ambas com 79,2km de percurso.

Estreante em Paralimpíada, Carlos Soares, de 26 anos, encerrou a sua participação em Tóquio com a 31ª colocação. O resultado foi considerado importante pelo atleta, que ainda destacou a chance de poder competir em alto nível, aprender com os erros e seguir evoluindo para os próximos ciclos.

“Eu termino a minha participação nas Paralimpíadas de Tóquio com muita motivação e gratidão pela oportunidade que a seleção brasileira me proporcionou de representar o Brasil aqui em Tóquio, na minha primeira Paralimpíada. Só de sair do interior do Goiás e estar aqui, disputando contra os melhores do mundo já me deixa muito emocionado. Poder falar para a minha família que estou representando o nosso país nos Jogos é uma sensação indescritível”, então declarou Carlos.

“O resultado não foi o esperado, mas o nível realmente estava altíssimo, foram vários recordes quebrados, todos os competidores estão de parabéns. Agora é continuar trabalhando duro para seguir progredindo e honrando cada vez mais essa confiança depositada pela CBC”, assim completou.

Os britânicos Benjamin Watson e Finlay Graham, primeiro e segundo, comemoraram a dobradinha na categoria MC1-3. A medalha de bronze ficou com o francês Alexandre Leaute.

Entre as mulheres

Na WC4-5, a brasileira Ana Raquel finalizou na 14ª colocação. A medalha de ouro foi conquistada pela alemã Sarah Storey, seguida pela sua compatriota Crystal Lane, com a prata, e a francesa Marie Patouillet, fechando o pódio com o bronze.

O paraciclismo brasileiro encerra a sua participação nas Paralimpíadas de Tóquio na noite desta quinta-feira, com os atletas Lauro Chaman e André Grizante brigando por medalhas nas categorias C4-5, a partir das 21h30, horário de Brasília.

Foto divulgação JB Benavent/CBC

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.