Caloi chama a atenção para a desigualdade de espaço no Dia Mundial Sem Carro

Caloi
A busca dos bilionários pela conquista do Espaço inspira campanha da Caloi sobre o espaço da bike na sociedade e como ela pode contribuir por um planeta melhor

A conquista pelo Espaço voltou a ser tema nos últimos anos no mundo. Bilionários correm contra o tempo, pois o céu não tem limite (ao que parece) e eles querem demarcar o seu território. Mas e o espaço no Planeta Terra, a forma como a bicicleta é utilizada e como ela pode contribuir com a sociedade por um mundo melhor? Como está a discussão desse tema?

No próximo dia 22 de setembro é comemorado o Dia Mundial Sem Carro e a Caloi, marca sinônimo de bicicleta no Brasil, chamará a atenção para a falta de espaço da bike entre nós de forma irreverente e coerente. Pedalar não é apenas um ato de lazer, mas também de locomoção, seja qual for o tamanho do centro urbano. Assim diversos os pontos precisam ser debatidos sobre a bicicleta e o seu papel na sociedade, e a Caloi, para chamar a atenção sobre o tema, envelopará a Ciclovia da Marginal Pinheiros, em São Paulo, com diversos cartazes com a assinatura “22 de setembro: Dia Universal Sem Carro”.

Seis tipos de cartazes estarão espalhados pelos mais de 7 quilômetros de extensão da ciclovia. Neles, então estarão frases chamando a atenção sobre o tema bicicleta e como ela precisa de mais espaço nas cidades.

Confira abaixo os cartazes

Para Vitor Borba, Gerente de Marketing e Trade Marketing da Caloi, entidades públicas e privadas têm razões de sobra para buscar melhorias nos centros urbanos que possibilitem o crescimento da adoção da bicicleta como modal diário.

“A bicicleta não é a única solução para os problemas de sustentabilidade, saúde e mobilidade do mundo, mas ela pode contribuir, e muito. A transformação dos espaços urbanos é essencial para o desenvolvimento da cultura da bike. É preciso mais segurança para o ciclista, com mais ciclovias, ciclofaixas e, consequentemente, menos carros nas ruas. O projeto da Ciclovia do Rio Pinheiros, em São Paulo, é um excelente exemplo disso. Vale lembrar que bicicleta não emite poluentes ao ser pedalada e que contribui para hábitos mais saudáveis da população. Esses são apenas alguns dos benefícios da bike e precisamos aumentar as discussões sobre o espaço que ciclistas, automóveis e pedestres dividem hoje”, então diz Vitor Borba.

Foto divulgação Caloi

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.