Vamos Passear faz a festa na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro

Foi uma manhã de muita descontração neste domingo (5) para os 4.300 participantes do evento, que levaram para a orla bikes, patins e skates, ou simplesmente foram caminhar em busca de qualidade de vida, com lazer e diversão

A chuva do sábado (4), o tempo fechado, surpreendentemente deu lugar ao sol neste domingo (5) no Rio de Janeiro (RJ) e fez a festa dos participantes do Vamos Passear. Na Praia de Copacabana, o evento reuniu 4.300 inscritos para uma manhã de lazer e diversão ao ar livre, em sua terceira etapa de 2022. Não choveu em nenhum momento e pessoas com bikes, patins e skates, juntamente com as que optaram pela Caminhada, tomaram conta da orla. Nas largadas para as quatro modalidades, muita animação. No final, festa, com ativações no palco, dança na areia e muitos aproveitando para curtir o mar.

O Vamos Passear é realizado em clima de descontração, com pessoas de todas as idades, em busca de qualidade de vida, onde o que vale é participar junto à família e aos amigos, aos grupos e tribos, com benefícios para a mente e para o corpo. As bikes largaram primeiro, no Posto 2, em frente à Praça do Lido, seguidas dos participantes com patins, depois com skates e por fim a caminhada. Ao longo do evento, pausa para muitas fotos e elogios para a organização. Todos os participantes receberam medalha.

Os participantes comentaram

“Vim de São Paulo com a família para o evento e achei muito bem organizado. Fiquei feliz do tempo estar ótimo, depois da chuva de ontem (sábado), e achei o circuito bem legal, com muita família e sensação de segurança. A hidratação e a alimentação também estavam ótimas, com pontos de água e frutas bem frescas”, assim destacou o contador Wagner Dantas, de 52 anos.

“Participei de skate e achei muito bem organizado, com os horários de largada pontuais, água no percurso e tudo muito bem orientado. Espero que tenha outra edição para estimular as pessoas nas atividades físicas”, então observou Vilamar Costa, tecnólogo, também de 52 anos.

“Primeira vez que venho, por indicação de conhecidos que já tinham participado antes. Estava com meu filho Francisco, de 12 anos, que patinou mais rápido do que eu! Quase não vim com medo da chuva e teria me arrependido muito. Com certeza estarei no próximo”, assim garantiu a autônoma Fernanda Lima, de 38 anos.

“Viemos pela primeira vez e pedalamos em casal. Foi excepcional e muito agradável. Achamos muito legal por estimular as pessoas a praticar esportes”, então disse Fabio. O casal Fabio, 44 anos, gestor de Segurança Empresarial, e Lilian, 51 anos, professora e advogada, aproveitaram o evento juntos.

O Vamos Passear no Rio de Janeiro contou com diferentes atividades ao longo do evento. No Espaço Saúde, aulas de yoga, pilates, alongamento e dança. No Espaço Kids, aulas de patins, skate e bike, mas também o Espaço Mecânica. Inclusivo, o evento é voltado também para pessoas com deficiência intelectual ou cognitiva.

Balanço positivo

“Essa foi a terceira etapa, depois de Salvador e Brasília. Por ser uma cidade de praia, tínhamos a expectativa de um tempo bonito e ensolarado, que com ajuda de São Pedro realmente aconteceu e superou as expectativas. Galera estava num clima superpositivo, uma energia de família. As quatro modalidades trazem muita interação, além das atividades animadas e do projeto social”, por fim ressaltou Felipe Romero, organizador do evento.

Etapas de 2022
  • 01/05 – Salvador (BA)
  • 15/05 – Brasília (DF)
  • 05/06 – Rio de Janeiro (RJ)
  • 19/06 – São Paulo (SP) – Novo Vale do Anhangabaú – Centro
  • 26/06 – Recife (PE) – Forte do Brum

Fotos divulgação Vamos Passear / Pedro Cury

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.