Henrique Avancini confirma sétima participação na Brasil Ride

Maior vencedor da ultramaratona na elite masculina ao lado de Jiri Novak (CZE), com três títulos, o ciclista de Petrópolis (RJ) está confirmado e vai lutar pelo tetracampeonato na décima edição do evento, entre os dias 20 e 26 de outubro, no Extremo Sul da Bahia

Vivendo o grande momento na carreira, o ciclista Henrique Avancini, campeão mundial de 2018 na modalidade Cross Country Maratona (XCM), está confirmado na décima edição da Brasil Ride, entre 20 e 26 de outubro, no Extremo Sul da Bahia. Além de ter no currículo três títulos – 2013, 2017 e 2018 -, Avancini se credencia como favorito por tudo que fez e conquistou nos últimos anos, colocando a bandeira brasileira no pódio das principais provas do mundo, fato que o credencia como um dos maiores nomes da história do mountain bike nacional. Talvez o maior. Sua ascensão no esporte teve enorme contribuição por parte da principal ultramaratona de MTB das Américas.

Henrique Avancini já passou por diversas situações no evento. Em 2012 não obteve a camiseta de finisher, encerrando sua participação após a terceira etapa. No ano seguinte, foi campeão de forma inédita, ao lado de Sherman Trezza, seu grande companheiro no início da carreira. Em 2014 e 2015, ambos vencidos por Hans Becking (NED) e Jiri Novak (CZE), foi campeão das Américas, ao lado de Sherman e de Wolfgang Olsen, respectivamente. No ano da Olimpíada do Rio, uma experiência diferente, como apresentador das transmissões ao vivo da Brasil Ride, pioneira no País. No ano retrasado, levou o bicampeonato ao lado de Jiri, na aposentadoria do tcheco. E, na nona edição, um título especial com Manuel Fumic (GER), seu parceiro de equipe há algumas temporadas, chegando ao tri.

henrique-avancini-confirma-setima-participacao-na-brasil-ride (1)
Etapa do cross country em 2018 (Divulgação)
henrique-avancini-confirma-setima-participacao-na-brasil-ride (2)
Henrique Avancini e Sherman Trezza comemoram título em 2013 (Alexandre Cappi / Brasil Ride)

“Uma das coisas mais importantes que a Brasil Ride trouxe para o nosso País foi o alcance do ciclismo fora do nicho, o quanto contribuiu para levar a modalidade para fora dos nossos muros. Essa foi uma grande conquista na qual a Brasil Ride foi pioneira. Além disso, falando especificamente do ponto de vista do ciclista profissional, sempre houve um esforço muito grande da organização em trazer nomes fortes do exterior para competir no Brasil”, avalia Avancini, número 2 do ranking mundial e top 3 na temporada de 2019 da Copa do Mundo.

“Esse intercâmbio foi muito importante para o meu desenvolvimento como atleta, porque eu sempre tive ao menos uma oportunidade ao ano de, na Brasil Ride, me comparar e competir com os atletas europeus dentro do meu ‘campo de jogo’, do ambiente que eu dominava e conhecia. A chance de ser local contra grandes nomes do MTB mundial. Isso me fez conquistar muita confiança, principalmente após a primeira vitória, em 2013. Foi um grande marco na minha carreira, em questão de confiança do que eu poderia fazer diante de atletas estrangeiros”, complementa o petropolitano, que pelo segundo ano consecutivo disputará a prova ao lado do alemão Manuel Fumic.

Décima edição

Considerada a Giro d’Itália do MTB mundial, a ultramaratona marcada para os dias 20 a 26 de outubro, no Extremo Sul da Bahia, oferece um forte desafio para os participantes do mundo inteiro. Durante sete dias, eles têm pela frente cerca de 600 km e quase 11.000 m de altimetria acumulada, entre trilhas e estradas de terra que ligam Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, a Guaratinga, na Vila Brasil Ride. No último dia da competição, o sábado (26), mais 1.500 ciclistas de todo o País juntam-se às estrelas do mountain bike internacional para a disputa da Maratona dos Descobrimentos. Uma oportunidade única de pedalar e ver de perto os melhores mountain bikers do mundo.

henrique-avancini-confirma-setima-participacao-na-brasil-ride (3)
Avancini puxa o pelotão em 2015 (Ney Evangelista / Brasil Ride)
henrique-avancini-confirma-setima-participacao-na-brasil-ride (4)
Avancini e Manuel Fumic (Hudson Malta / Brasil Ride)
Patrocinadores

A ultramaratona Brasil Ride tem os patrocínios do Governo da Bahia, de Land Rover, Shimano, Specialized e Unidas. Conect Car, Ful Gas, Garmin, LAF Corretora de Seguros, La Maglia, Oakley, Red Bull, Shop2gether, Squirt e Thule são empresas apoiadoras, assim como as prefeituras de Porto Seguro e Guaratinga, bem como o Parque Nacional do Pau Brasil, são apoiadores institucionais do evento.

Brasil Ride: Mais que uma prova, uma etapa em sua vida.

Mais informações no site da organização

Leia a notícia anterior da prova

henrique-avancini-confirma-setima-participacao-na-brasil-ride (5)
Comemoração do título em 2017 ao lado de Jiri Novak (Fabio Piva / Brasil Ride)
Avancini e o fundador da Brasil Ride, Mario Roma (Hudson Malta / Brasil Ride)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.