Sram e Movistar fecham patrocínio até 2021

A SRAM orgulhosamente anuncia seu acordo de patrocínio com a equipe Movistar. Assim o patrocínio da SRAM incluirá componentes SRAM, medidores de potência Quarq e rodas Zipp até 2021.

Fundada em 1980, a equipe masculina apresenta uma longa lista de lendas dinâmicas e predominantemente espanholas do ciclismo. Estes conquistaram um número significativo de títulos nacionais, mundiais e de grandes tours. Surpreendentemente, a equipe terminou com três pilotos entre os dez primeiros no Tour de France de 2019, incluindo o atual capitão, Alejandro Valverde (ESP). O jovem escalador espanhol Enric Mas, que já conquistou várias das melhores camisas de jovens pilotos, tentará desafiar um grande tour em 2020.

Sram Movistar
Foto divulgação

A equipe feminina foi introduzida em 2018 e é liderada pela campeã espanhola de estrada Lourdes Oyarbide e pela campeã espanhola de contra-relógio individual Sheyla Gutiérrez. Em seu curto mandato, contudo a equipe conquistou sete títulos nacionais e várias grandes vitórias em corridas.

Toda a equipe Movistar está equipada com os componentes eletrônicos sem fio RED eTap AXS HRD da SRAM e este ano será a primeira temporada de toda a equipe usando exclusivamente freios a disco. A transmissão AXS da SRAM apresenta um range de marchas mais amplo e uma progressão de marchas mais próxima do que os sistemas tradicionais. Embora existam inúmeras opções de marchas, e os pilotos farão escolhas individuais para corridas específicas, a equipe feminina usará predominantemente as coroas 48/35, enquanto os homens costumam pedalar usando 50/37. Ambas as equipes preferem o cassete 10-33. O estoque de rodas da equipe inclui toda a linha Zipp Firecrest e Zipp NSW.

Sram e Movistar
Foto divulgação
Os envolvidos

“Tenho muita curiosidade sobre a SRAM e a Zipp há muitos anos e estou empolgado por fazer parte da família SRAM. Os componentes e a tecnologia, o suporte e o quão bem eles ouvem os ciclistas são únicos e impressionantes ”, disse Alejandro Valverde (ESP).

“Estou ansioso para competir usando os novos ranges de marchas AXS. A ideia de pulos menores entre as marchas deve beneficiar um piloto como eu, que confio em uma cadência consistente quando estou no contra-relógio ou escalando”, acrescentou Enric Mas (ESP).

“Eu sempre gostei de competir usando SRAM, eles sempre fazem coisas que beneficiam o ciclista, e é sempre legal competir com os componentes mais novos!”, Declarou Barbara Guarischi (ITA).

“Depois de 37 anos, estamos mudando para a SRAM e Zipp, essa é todavia uma mudança histórica que não tratamos de forma leviana. Vemos como uma grande oportunidade de parceria com líderes de tecnologia em sistemas de transmissão e igualmente rodas”, disse Eusebio Unzué, proprietário da equipe.

Os homens começarão a temporada no Tour Down Under (19 a 26 de janeiro), enquanto a primeira corrida feminina será a Vuelta CV Féminas (9 de fevereiro).

Equipe Movistar
Foto divulgação
Além disso você também pode se interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.