CIMTB Michelin divulga 2ª etapa do ano em Taubaté

CIMTB
Calendário no Brasil deve começar a partir do dia 1º de agosto. Petrópolis e Congonhas acontecerão em novembro e dezembro

Após o Comunicado Oficial da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), a etapa de Petrópolis será adiada novamente. De acordo com o comunicado, devido ao agravamento da situação em relação ao Covid-19, a CBC determinou a prorrogação do calendário nacional para 1º de agosto de 2020. Sendo assim, a próxima etapa da CIMTB Michelin será em Taubaté que já estava agendada para os dias 28 a 30 de agosto. A etapa de Petrópolis será entre os dias 6 a 8 de novembro e Congonhas de 4 a 6 de dezembro.

De acordo com o presidente da CBC, José Luiz Vasconcellos, a decisão levou em consideração a saúde dos atletas. “Os competidores terão um prazo mais seguro para o condicionamento físico. Diversos atletas relataram que ficar adiando prejudica a preparação, já que não há uma data específica. Além disso, a UCI já está cancelando eventos de agosto”, disse. “Fizemos uma reunião online com 27 presidentes de federações, todos concordaram com a decisão”, completou.

Para o organizador CIMTB Michelin, Rogério Bernardes, será necessário readaptar. “A UCI colocará todas as etapas de Copa do Mundo e Mundial quase sem intervalo. Todos nós teremos que nos reorganizar, organizadores, atletas profissionais e amadores. Vamos seguir as orientações dos órgãos competentes, CBC e UCI”, disse.

Abaixo você confere parte do comunicado.

“Devido ao agravamento da situação envolvendo o Coronavírus (Covid-19) no Brasil, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), mais uma vez preocupada em contribuir com o bem estar de todos e em ampliar a prevenção voltada para a pandemia que se expande no país, determina: Prorrogar a suspensão do calendário nacional, anteriormente interrompido até 30 de abril, para agora para o dia 1º de agosto de 2020, podendo ainda ser novamente prorrogada, caso necessário”.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.