UCI divulga protocolo de segurança para o retorno das provas de estrada

uci
O corpo diretivo do ciclismo descreve como tentará mitigar casos positivos durante as corridas

A UCI lançou protocolos de segurança para tentar reduzir o risco de um surto de coronavírus quando as corridas voltarem.

Com foco em manter as equipes e as corridas seguras, as diretrizes também fornecem detalhes. Assim sobre como os testes e o monitoramento médico dos ciclistas serão tratados, para tentar garantir que os eventos reagendados ocorram conforme o planejado.

Três princípios gerais supervisionarão a retomada das corridas.

Em primeiro lugar, cada equipe (ciclistas, funcionários e médicos) formará uma “bolha de equipe” quando cada corrida começar, que se tornará uma “bolha de pelotão”.

Em segundo lugar, serão criados três níveis de pandemia, designando um nível de risco muito baixo, baixo ou moderado.

Por fim a nomeação obrigatória de um médico ou coordenador de coronavírus, as zonas de risco de adaptação (registro, zonas de alimentação, cerimônias de premiação) e a manutenção do respeito pelo princípio da “bolha” preventiva por cada equipe em seu alojamento e ao viajar em cada corrida .

Antes das corridas, o coordenador do coronavírus verificará se o alojamento usado é compatível com a manutenção do princípio da bolha, enquanto uma estratégia de triagem será implementada nos dias que antecederam o evento para assim detectar possíveis portadores do vírus.

Durante as corridas, os pilotos passam por monitoramentos médicos diários, com medidas de distanciamento social implementadas entre os que estão dentro da bolha do pelotão e as pessoas de fora, como a organização da equipe, da mídia e do público.

Contudo se surgir um caso positivo de coronavírus, serão seguidas as diretrizes do país em que a corrida está ocorrendo, com os organizadores da corrida precisando informar as equipes participantes do protocolo nacional referente ao isolamento e identificação de quem teve contato com os contaminados.

Em um comunicado à imprensa, o presidente da UCI, David Lappartient, disse:

“Este protocolo de instruções e recomendações é fundamental, especialmente para as equipes e os organizadores, com vistas à retomada das corridas de bicicleta.

“Essas medidas permanecem dependentes das leis e medidas nos diferentes países anfitriões e podem precisar ser adaptadas. Mas esse protocolo é outro passo para o retorno à vida de nosso esporte. Após o anúncio dos calendários, agora temos a estrutura que permitirá que os corredores corram novamente. ”

Acesse o documento original publicado em inglês no site da UCI.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.