CIMTB Michelin 2020 finalizará a temporada em 2021

CIMTB Michelin 2020
Decisão não era a desejada mas desenvolvimento do cenário obrigou mudanças no planejamento. Congonhas fecha o calendário 2020 em fevereiro de 2021.

A organização da CIMTB Michelin 2020 fez o melhor que pôde para realizar a competição ainda este ano. Assim adiando ao máximo a decisão. Contudo o cenário em relação à pandemia não mudou de forma com que o evento acontecesse com segurança para equipe, atletas e público. Dessa maneira, o calendário foi remanejado e a etapa de Congonhas deve acontecer em fevereiro de 2021, fechando o campeonato 2020.

Abre a temporada 2021, a etapa de Araxá, em seguida é a vez dos competidores estrearem a pista de Taubaté e Petrópolis fecha o calendário.

Os atletas que já efetivaram as inscrições através do combo, terão as inscrições transferidas para 2021. Menos a etapa em Araxá que foi realizada este ano em março. Apesar do imprevisto, a organização da CIMTB Michelin está preparando novidades, dentre elas uma competição na Fazenda Sossego, em Carandaí, que está sendo estudada para que ocorra de forma segura e sem a entrada de público.

“A gente fez de tudo para que o calendário 2020 acontecesse nesse ano, inclusive mantivemos o projeto da pista de Taubaté que está pronta e está sendo muito elogiada pelos atletas, mas vimos que seria um risco para todos”, explicou. “Ter uma prova em Carandaí na Fazenda Sossego é uma maneira de valorizarmos os competidores por tudo que passaram em 2020. E estamos trabalhando na pista desde março para fazer um percurso inesquecível e que atenda atletas de todos os níveis independente de serem iniciantes, amadores ou profissionais. O foco é o prazer em pedalar”, por fim completou Rogério, Organizador da CIMTB Michelin 2020.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.