Apostila “Vamos Pedalar” ganha 2ª versão voltada para pedalar no trânsito

vamos pedalar
CBC disponibiliza nova edição da publicação gratuitamente.

A confederação lançou nesta semana, através de uma live especial no canal do YouTube, a segunda edição da apostila “Vamos Pedalar”. Dessa maneira, a publicação traz dicas e informações importantes sobre pedalar no trânsito, além de curiosidades, palavra cruzada, histórias e muito mais.

A primeira apostilha teve o lançamento em agosto deste ano, veja aqui.

O encontro reuniu vários convidados, entre eles, o presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), o Coordenador de Paraciclismo da CBC, Edilson Rocha Tubiba, a Classificadora Funcional, Mariane Ferreira, além dos atletas Lauro Chaman – Medalhista Paralimpico, Campeão Mundial de Estrada e de Pista, Carlos Alberto – Medalhista nas Copas do Mundo da Bélgica e Itália, e por fim o youtuber Thomaz Bueno, do canal Vida Adaptada.

Mas também aconteceu o concurso com premiação especial autografada pelos atletas da seleção brasileira, com vários prêmios distribuídos para quem acompanhava a live.

Resultado do concurso

Para participar, os internautas precisaram enviar uma frase respondendo assim a seguinte pergunta: “De que forma a bicicleta pode contribuir para melhorar o mundo?”

As duas melhores frases:

“A Bicicleta é o passaporte para a liberdade de um mundo feliz, saudável e sustentável. Ela conecta da criança ao idoso, nesse lindo planeta com belas paisagens e seus encantos, que somente são percebidos quando se tem aos pés os pedais da liberdade.” Silmara Franca

“A bicicleta contribui para um ambiente mais sustentável, além de que, oxigena a mente de quem faz seu uso e amplia notoriamente, a capacidade de tornar-se parte pulsante do vasto Planeta Terra.” Marcilha Lucimara

Assim Baixe agora a segunda versão da apostilha “Vamos Pedalar” aqui.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.