Conheça a pista da Grande Final da CIMTB Michelin na Fazenda Sossego

CIMTB

Atletas avaliaram o circuito como um dos melhores de maratona da atualidade

Os competidores da grande final da CIMTB Michelin podem se preparar para enfrentar uma pista com subidas duras, single tracks, trechos de raízes, curvas off camber e uma velocidade média alta no final de semana da grande final da temporada de 2020. Serão cerca de 13 quilômetros e 525 metros de altimetria acumulada bem distribuídos e acessíveis para todas as categorias. A competição será na Fazenda Sossego, em Carandaí, entre 2 e 4 de julho.

“Fizemos algumas mudanças no traçado depois do Campeonato Mineiro de Maratona, em novembro, e agora ela está ainda mais inclusiva. Mas mantendo algumas opções técnicas e rápidas para pilotos mais experientes mas que não trazem perigo aos iniciantes. Tudo depende da velocidade. Além disso, estamos chegando em um ponto na pista que, em breve, teremos mais de 20 km. Que dessa maneira estarão abertos aos amantes do mountain bike mensalmente em datas programadas”, explica Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin.

“Achei o circuito incrível. É bastante duro, muito técnico e com muitas subidas. É perfeito para a E-bike. A pilotagem vai falar alto nessa pista”, então avisa a competidora da categoria E-bike, Isabela Ribeiro, que também visitou a Fazenda Sossego neste final de semana.

O atleta da sub-45, Luiz Eugênio, igualmente elogiou os trail builders. “Temos que tirar o chapéu para o Rogério e sua equipe por esta pista. A trilha está limpa e trabalhada em um percurso brutal. Melhor pista de maratona que já andei”, então avalia.

CIMTB
Descrição da pista da CIMTB Michelin por Rogério Bernardes

Depois da largada, que será em um formato tipo “start lap” para todas as categorias, os atletas entram na Trilha da Vitória e passam no pórtico de chegada e próximo da feira. Importante salientar que antes do pórtico de chegada teremos o Neutral Suport da SRAM que estará localizado em um ponto onde a corrida de qualquer atleta pode ser salva logo no início.

Contornando a lagoa os atletas então pegam uma longa subida que será importante para já definir o posicionamento e liderança na prova. Após passar por um trecho de matinha vem uma subida dura que fará o contorno da Raposa até a divertida Trilha do Jacú, que é em descida e assim bem rápida.

No final da descida os atletas passam pelo primeiro ponto de hidratação da organização e sobem em direção a entrada da Trilha dos Macacos que é a parte mais “raiz” e divertida da pista com mais de 3 km de single track dentro surpreendentemente da reserva de Mata Atlântica.

Saindo da Trilha dos Macacos os atletas entram na Trilha dos Gaviões que tem uma sequência de curvas escoradas descendo até pegar outro trecho no pasto que dá acesso a primeira passagem na área de apoio.

Saindo da região do apoio vem igualmente outros trechos com descidas velozes e outro trecho de subida na Trilha do Sagüi que depois é conectado a Trilha da Seriema para retornar a área de apoio em sua segunda passagem.

Depois disso vem a Trilha do Tatu, que tem estradas e trilhas dentro do reflorestamento de eucaliptos. No final da descida da Trilha do Tatu os atletas passam pela segunda vez no ponto de hidratação da organização e fazem um contorno para retornarem o final da Trilha do Tatú.

Saindo do Tatu, por fim os atletas passarão ao lado da área de camping em direção a Trilha da Vitória com seus opcionais do pump track ou um circuito rápido cheio de curvas até a ponte que dá acesso a reta de chegada. As duas opções foram então criadas para terem o mesmo tempo.

Número de voltas

Inicialmente ela estava prevista para ter pouco mais de 15 km para que as categorias oficiais dessem 4 voltas e completassem mais de 60 km previstos numa prova de maratona. Acontece entretanto que a pista é bastante exigente fisicamente para uma quilometragem maior e temos cerca de 50% dela com single tracks pela fazenda.

Com isso tinha dois caminhos que seria aumentar a km para reduzir o número de voltas, ou reduzir um pouco o percurso e manter o número de voltas previsto no regulamento. Optamos por manter o número de voltas, que ficou da seguinte forma:

FINAL 2020 – CIMTB MICHELIN / COPA SENSE CIMTB DE MARATONAVOLTAS
FEMININAS: Super Elite
MASCULINAS: SuperElite, Sub30,Sub35, Sub40, Sub45, Sub50, Sub55, Sub60Dupla Pró, GRAVEL e ULTRA
4
FEMININAS: E-Bike PRO, Júnior, Sub30, Sub40, Sub50 e Over50
MASCULINAS: E-Bike PRO, E-Bike Master, Júnior, Sub17, Sub65, Over65, Expert, Cadete, Master e Segurança PúblicaDUPLAS: Mista/Feminina, Sub60, Sub80 e Over81
3
FEMININAS: Sub15, Sub17
OPENMASCULINAS: Sub15, Veterano, Peso Pesado e PNE
2
TURISMO (masculina e feminina)* sem incluir a Trilha dos Macacos que é mais técnica dentro da mata nativa1*
CIMTB

Baixa aqui o arquivo GPX da pista.

Segurança e diversão

Por atravessar o terreno da região de Pedra do Sino, o traçado tem muitos trechos em mata, com single tracks sombreadas, o que reduz a fadiga e aumenta a diversão. Para garantir a segurança e o conforto, a organização oferece um ponto de apoio e socorristas.

A competição seguirá um rígido protocolo de segurança contra o COVID-19, e testará todos os participantes que quiserem entrar no complexo. O atleta e seu acompanhante deverão comprar o exame nasal PCR-rápido com antecedência, preencher o formulário obrigatório do Ministério da Saúde e entregá-lo quando for buscar o kit do atleta, no dia do evento.

Os competidores farão suas inscrições nas mesmas categorias que correram em 2020, mesmo que tenham mudado a faixa de idade do ano passado para cá. Além disso, os mais ávidos por competição podem participar de mais de uma categoria, caso preencham os requisitos, e correr nos dois dias do evento. Quem correr em uma das categorias da CIMTB Michelin no sábado, por exemplo, só poderá correr em uma das categorias Duplas ou na E-Bike Masculina no domingo.

Outro detalhe importante é que os atletas que pagaram pelo combo no ano passado já estão garantidos na etapa da Fazenda Sossego. Bem como nas etapas de Petrópolis e Taubaté, portanto não precisam fazer suas inscrições. Basta irem direto na secretaria pegar seu numeral da bike e costal mas devem comprar o teste do COVID-19 como todos os outros atletas. 

Para se inscrever em qualquer uma das 39 categorias oferecidas pela CIMTB Michelin, basta acessar o link abaixo:

INSCRIÇÃO COM PGTO POR CARTAO  (ATÉ 29 DE JUNHO, TERÇA-FEIRA)

CONFIRA A LISTA DE INSCRITOS PELO COMBO 2020

Para Comprar o exame de COVID-19, obrigatório no dia do evento, acesse abaixo:

Exame COVID-19

Regulamento e protocolo de segurança:

Confira o regulamento da etapa.

Confira o protocolo de segurança.

Fotos divulgação CIMTB

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.