Câmara de ar de bicicleta: tamanhos, tipos de válvula e materiais

Câmara de ar

Câmara de ar é um daqueles equipamentos de ciclismo que parecem muito simples e padronizados. Mas é justamente ai que existem inúmeras variações e assim complicações

Tamanho das câmaras

O primeiro é o diâmetro da câmara. A maioria das bicicletas de estrada terá rodas 700 e precisam sua câmaras nesta medida para caber. Bicicletas de gravel podem ter essa mesma medida, mas também podem ter rodas 650b. Assim você precisará de câmaras 650b para essas bicicletas.

Muitas bicicletas ainda usam rodas de 26 polegadas, entre elas, urbanas, mtb, híbridas. Geralmente com pneus mais largos, e precisam de câmaras de tamanhos diferentes. Igualmente como as as bicicletas dobráveis e infantis costumam ter rodas de tamanhos diferentes novamente.

A seguir está a largura da câmara de ar. Muitas câmaras tamanho 700 adaptam-se a pneus de até 25 mm, que costumam ser usados ​​em bicicletas de estrada. Mas você também pode encontrar câmaras mais largas para os pneus de 28 mm que estão cada vez mais comuns em bicicletas de estrada. As bicicletas de ciclocross e de gravel e muitas bicicletas urbanas e híbridas com rodas 700 terão pneus ainda mais largos e precisarão de uma câmara mais larga, embora a maioria dos ciclistas de gravel opte por usar pneus sem câmara. Mas pneu sem câmara é tema para outro artigo.

Os tamanhos dos pneus de mountain bike são indicados em polegadas. Dessa maneira, uma câmara MTB de 29 polegadas terá o mesmo diâmetro de uma roda de estrada 700, enquanto uma câmara de 27,5 polegadas terá o mesmo diâmetro de uma roda 650b.

Câmaras de ar para pneus mais estreitos geralmente cabem em pneus mais largos. Contudo ficarão um mais esticadas para preencher o espaço do pneu. É pouco provável que estourem, mas tendem a furar com mais facilidade. Entretanto por outro lado, uma câmara de ar mais larga pode ser difícil de entrar em um pneu mais fino.

Tipo de válvulas das câmaras de ar

Válvula presta (também chamada de válvula fina), são bastante estreitas e têm uma espécie de parafuso na ponta da válvula. Você precisa desparafusá-lo para encher o pneu. Embora o pneu permaneça cheio com o parafuso solto, é recomendado fechar para não deixar o ar escapar acidentalmente. E por fim, tem uma tampa de válvula que impede que sujeiras se impregnem durante o uso.

Algumas válvulas presta são inteiriças, enquanto outras têm o núcleo que se desenrosca do corpo da válvula. Existem também ferramentas de remoção do núcleo disponíveis. Mas as vezes, você pode desenroscar com a mão ou embrulhando-os em um pedaço de pano ou borracha e delicadamente usando um alicate. O núcleo removível pode ser substituído se for danificado, como por exemplo a parte do parafuso pode ficar entortada.

Válvula schrader, igualmente como as usadas em pneus de carros. Essa válvula têm o núcleo que se desenrosca do corpo da válvula, mas só mesmo com a ferramenta especifica. Entretanto essas não cabem em uma roda feita para válvula presta. Mas uma válvula presta pode se instalada em um aro para válvula schrader, desde que instalado um adaptador para evitar problemas.

Mas o recomendado é sempre seguir as medidas corretas!

Comprimento da válvula e extensor de válvula

Preste atenção no comprimento da válvula. Se você tiver rodas de perfil alto, precisará de câmaras de ar de bicicleta com válvulas mais longas para garantir que elas saiam do aro. Algumas válvulas podem ter até 80 mm.

Se sua válvula ainda não for longa o suficiente para as rodas de perfil alto, você pode comprar extensores de válvula. Estes aparafusam na válvula e podem adicionar comprimento extra suficiente para caber nas rodas aerodinâmicas mais altas.

Material da câmara de ar

A maioria das câmaras de ar é feita de borracha butílica. É o material mais barato, mas também o mais robusto. A borracha butílica permite ser remendada com segurança em caso de furos.

Por fim, existem câmaras em látex. Esta é uma opção mais leve e também de melhor rolagem se comparada com o butílica. Mas também são ainda mais frágeis do que as câmara butílicas, leves e mais de montar na roda. Além de vazam ar mais rapidamente, então você precisa enchê-los novamente antes de cada pedalada. E ainda surpreendentemente geralmente não podem ser consertadas em caso de furo.

Fotos divulgação Bike aos pedaços/Reprodução

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.