E-MTB vira máquina de guerra com montagem de armas para exércitos

e-mtb

A polêmica Feira Internacional de Armas de Equipamentos de Defesa e Segurança realizada em Londres é uma e-MTB. Que contudo conta com suporte de rifle e assim atraiu a atenção de vários países que aparentemente decidiram equipar seus exércitos.

As bicicletas e os militares sempre estiveram juntos e parecia claro que as bicicletas elétricas não ficariam de fora da indústria militar. Em 2017 o exército espanhol conseguiu algumas unidades da Bultaco para os primeiros testes e agora este modelo com suporte para armas está sendo adquirido por países como a Dinamarca e os Emirados Árabes Unidos.

O modelo

A e-MTB QuietKat apresentada há apenas um ano é precisamente este modelo que, entretanto foi modificado para atender os exércitos ao redor do mundo.

Este modelo é fabricado no Colorado, montado num quadro hardtail com suspensão dianteira, rodas 26”, pneu 4,8” fatbike, motor 1000 watts, bateria com autonomia para 100 km e assim ainda incorpora painel solar que permite sua recarga. Além do guidão com suporte para rifle, o modelo bagageiro traseiro robusto.

Segundo a mídia i-news, o FBI já estaria trabalhando há algum tempo com esse modelo que os exércitos da Dinamarca, dos Emirados Árabes Unidos e de outro país europeu membro da OTAN acabam de comprar.

“Este modelo foi construído tendo em mente as necessidades de uma aplicação militar. A capacidade de rolar completamente fora da estrada, transportar cargas pesadas e mas também permanecer em silêncio.” então comentou o representante da QuietKat, Duncan Horner.

Assim mais informações sobre os modelos da marca no site.

Fotos divulgação QuietKat

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.