Chaman e Polegatch são campeões brasileiros de ciclismo contrarrelógio

Campeonato Brasileiro de ciclismo

Campeonato Brasileiro de ciclismo segue neste final de semana com as provas de resistência em Londrina, no Paraná

O Autódromo Internacional Ayrton Senna em Londrina, no Paraná, foi tomado por centenas de ciclistas que disputaram nesta 5ª feira, o campeonato brasileiro de ciclismo na prova de contrarrelógio. Os atletas pedalaram forte no percurso que definiu os primeiros campeões brasileiros do ciclismo de estrada da temporada 2021.

No masculino

Especialista em contrarrelógio, Lauro Chaman, da Memorial Santos ficou em primeiro lugar e convenceu após dominar a competição de ponta a ponta, mesmo ainda tendo dado uma volta a mais no percurso, fato que não atrapalhou o seu incrível desempenho que proporcionou o primeiro lugar na competição.

“Acabei errando o número de voltas e assim dei uma volta a mais, mas isso não me atrapalhou e tudo acabou dando certo. Foi um dia muito feliz para toda a nossa equipe que conquistou resultados importantes em várias categorias. A prova de hoje eu estava me sentindo bem e agradeço muito a Deus por tudo que está acontecendo. Essa vitória foi para a minha família”, então destacou Lauro.

Lauro percorreu as sete voltas do percurso em 25min52seg, tempo suficiente para conquistar a medalha de ouro. Cristian Egidio, da Taubate Cycling Team, terminou em segundo lugar com 26min36seg235, seguido por André Gohr, da Swift Carbon Pro Cycling Brasil, que marcou 26min36seg473. Na sub23 o vencedor foi João Pedro Rossi, também da Swift Carbon Pro Cycling Brasil.

No feminino

Entre as mulheres da Elite, prevaleceu a experiência da atleta Ana Paula Polegatch, que marcou 20min49seg para completar as cinco voltas. Taise Benato, da Memorial Santos, fez 21min46seg e em segundo lugar, enquanto Tamires Radatz, da equipe Avai/FME Florianópolis completou o pódio em terceiro. Na Sub23 feminino, a campeã foi Ana Vitória Magalhães.

“Essa vitória teve um sentimento muito especial. Primeiro porque hoje é o meu aniversário, então não poderia ter presente melhor, e depois, poder conquistar o meu tricampeonato nacional em meio a uma pandemia, com menos tempo para treinar, agora que montei a minha própria assessoria, foi muito emocionante. Gostaria de aproveitar e agradecer a minha equipe por todo o apoio e agora é focar na prova de resistência”, então destacou Ana Paula.

Base com talento

As categorias de base abriram a programação com muito talento durante os trechos mais exigentes do percurso. Na categoria Junior, destinada para atletas com idade entre 17 e 18 anos, em primeiro lugar os ciclistas Pedro Miguel de Oliveira, da equipe Indaiatuba Cycle, e Ana Paula Finco, da ABEC Indaiatuba.

Entre as outras categorias, também comemoraram a vitória os seguintes atletas: Laura da Silva (Associação Ciclistica Rolandense) e Miguel Bessani (Avulso), na Infantojuvenil, e Andrey Braguini (Indaiatuba Cycle Team) e Mayra da Costa (Memorial Santos), na Juvenil.

Para Ana Paula Finco, especialista em contrarrelógio, reconhecer o percurso e fazer uma boa estratégia é fundamental neste tipo de disputa. “O circuito tinha duas subidas curtas, porém inclinadas e com bastante vento, então era necessário fazer força nos momentos certos. Mas eu me preparei muito bem e minhas expectativas eram muito boas, esse é um tipo de prova que eu me identifico bastante e estou muito feliz com o meu resultado”, destacou a atleta, que defende a equipe ABEC Rio Claro.

Percurso exigente

Assim após alguns anos, o Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada, volta a apresentar um percurso exclusivamente disputado na rodovia para as provas de resistência. Essa característica, aumenta tanto a competitividade entre os atletas como o nível técnico da prova, que irá seguir características dos maiores eventos do calendário mundial.

A categoria Elite/Sub23 masculino irá percorrer 146km, enquanto a Elite/Sub23 feminino encara um percurso de 87km. As distâncias de todas as categorias estão disponíveis em nosso Guia Técnico.

A concentração para as provas de resistência será no Jardim Botânico, sendo sexta (resistência para categorias de base) e domingo (Elite/Sub23 masculino) com largada às 08h, e sábado (Elite/Sub23 feminino) às 13h.

Resultados completos de todas as categorias no link.

Programação do Campeonato Brasileiro

Quarta-feira20/10 – 13h as 17h – Entrega de Kits na secretaria do evento

Quinta-feira21/10 – 09h00 – Prova de contrarrelógio – Autódromo Ayrton Senna

Sexta-feira22/10 – 09h00 – Prova de resistência (categorias de base) – Jardim Botânico

Sábado23/10 – 13h00 – Prova de resistência (Elite/Sub23 feminino) – Jardim Botânico

Domingo24/10 – 09h00 – Prova de resistência (Elite/Sub23 masculino) – Jardim Botânico

Fotos divulgação CBC/Ana Patrícia

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.