Strava apoia pedal e arte na Ciclo da Marginal Pinheiros

strava

Paulistanos Ciro Schu, Felipe Risada e Julio Vieira assinam obra a convite do Strava, a maior plataforma esportiva do mundo

Um muro de 88m2 (2,2m de altura x 40m de comprimento) está chamando a atenção de quem pedala na Ciclovia da Marginal Pinheiros. Assim a convite do Strava, a maior plataforma esportiva do mundo, os artistas paulistanos Ciro Schu, Felipe Risada e Julio Vieira pintaram a obra “Ciclocortejo” (2021), que traz cores vibrantes e traços que ilustram o cotidiano do local, com bicicletas, é claro, mas também capivaras e plantas.

“A bicicleta permeia as nossas vidas de diferentes formas. Nos influencia e estimula, seja nos transportando de um lugar para o outro por lazer e hobby ou praticado como esporte profissional. Como ferramenta de trabalho, ela nos ajuda a ver o mundo com outros olhos, pois o tempo gira e se movimenta diferente em cima de uma bicicleta. E para celebrar este meio de transporte que nos une e nos conecta com várias pessoas ao redor do mundo, e que nos leva também para mundos e lugares diferentes, o mural ‘Ciclocortejo’ vem homenagear a bicicleta e todos os ciclistas, unidos como uma fauna e flora e formando assim uma grande nação”, então declaram os artistas.

Três olhares distintos

A grande obra de arte traz muito da história dos seus artistas. Ciro Schu, por exemplo, desenvolve uma arte abstrata e figurativa, procurando mesclar símbolos e grafias diversas, tendo sua maior inspiração nos traços e signos dos povos originários das Américas. Já Felipe Risada tem seu estilo de desenho muito particular, com traços simples de fácil leitura e rápido entendimento, muitas vezes remetendo à símbolos rupestres, grafias indígenas, e também traz para o contemporâneo, com ícones do mundo digital. Julio Vieira experimenta a arte urbana como produção de vida, mas trazendo paisagens e jardins como ponto de partida. Em comum aos três, a ligação com a bicicleta.

A Ciclovia da Marginal Pinheiros, sob concessão da Farah Service, tem entrada gratuita, porém é acessível somente de bicicleta. A obra de arte está localizada próxima à ponte da Av. dos Bandeirantes.

Fotos divulgação Strava

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.