Produção de bicicletas totaliza 287 mil unidades no acumulado do ano

abraciclo

Nível é similar ao registrado no mesmo período de 2021; fabricantes revisam seu mix de produção para se adequar à demanda

Nos primeiros cinco meses deste ano, as fabricantes de bicicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) produziram 287.534 unidades. De acordo com dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, o volume é muito próximo ao registrado no mesmo período de 2021, quando saíram das linhas de montagem 288.943 bicicletas.

Em maio, 56.845 bicicletas produzidas, o que corresponde a uma alta de 19,2% na comparação com abril (47.670 unidades). Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve recuo de 14,9% (66.760 bicicletas).

O vice-presidente do Segmento de Bicicletas da Abraciclo, Cyro Gazola, afirma que a indústria de bicicletas está revisando o seu mix de produção para se adequar à demanda do mercado. De acordo com Gazola, a readequação das linhas de produção acontece no mundo todo.

“A procura por modelos de maior valor agregado aumentou bastante, e isso tem exigido que as fabricantes ajustem suas linhas de produção e toda a cadeia logística”, então explica.

“A bicicleta está cada vez mais presente na vida das pessoas. Com isso, surgem novos perfis de consumidores e a indústria está atenta para atendê-los”, assim diz. “Antes a procura era maior pelos modelos de entrada. Hoje, a demanda é pelos de médio e alto preço”, então completa.

Produção de bicicletas
Produção por categoria

A bicicleta elétrica foi a categoria que registrou maior crescimento porcentual no acumulado do ano. De janeiro a maio, 4.319 unidades fabricadas, alta de 33,2% na comparação com o mesmo período do ano passado (3.242 bicicletas).

“Apesar do volume ainda ser pequeno, essa categoria mostra tendência de alta. De janeiro a maio de 2019, por exemplo, elas representavam 0,3% da produção. Hoje, já são 1,5% do total produzido”, afirma Gazola. Para este ano, a perspectiva é de que sejam fabricadas 15 mil unidades, o que representa um aumento de 45,7% na comparação com 2021. “Sabemos que o custo da bicicleta elétrica ainda é elevado. No entanto, à medida que a indústria for ganhando em escala, a tendência é de preços mais competitivos”, por fim completa.

Já em números absolutos, a categoria mais produzida nos cinco primeiros meses do ano foi a Moutain Bike (MTB), com 186.685 unidades, o que corresponde a 64,9% do volume total, em primeiro lugar.

No ranking mensal de produção, a liderança também é da MTB, com 36.969 unidades e 65% do total. Na sequência, ficaram a Urbana/Lazer (14.070 unidades e 24,8% da produção) e Infantojuvenil (3.596 bicicletas e 6,3%).

Produção de bicicletas

Foto divulgação

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.