Lauro Chaman e Carlos Soares garante bronze na Copa do Mundo

Copa do mundo

Equipe brasileira finalizou sua participação no contrarrelógio somando três medalhas. Provas de resistência começam neste sábado (6/8)

Os atletas da equipe brasileira de paraciclismo fecharam o segundo dia de disputas na Copa do Mundo de Estrada no Canadá com mais duas medalhas de bronze, que foram conquistadas por Lauro Chaman (MC5) e Carlos Soares (MC1) na prova de contrarrelógio. Jady Malavazzi já havia conquistando um bronze na quinta-feira (4/8).

Lauro Chaman percorreu 26,4km com o tempo de 34min54seg e conquistou a medalha de bronze, mas brigou pela primeira colocação até os últimos metros, ficando a apenas 4 segundos de diferença do campeão. Os franceses Kevin Le Cunff e Dorian Foulon fizeram uma dobradinha e levaram ouro e prata, respectivamente.

O alto nível se manteve também na categoria MC1, que teve o brasileiro Carlos Soares em terceiro lugar. O percurso foi de 17,6km e Carlos completou em 27min58seg. A medalha de ouro ficou com o espanhol Ricardo Argiles, atual campeão mundial, que registrou 26min16seg, seguido pelo alemão Michael Teuber, atual campeão europeu, em segundo lugar com 27min11seg.

O Brasil ainda contou com os resultados de André Grizante, decimo terceiro colocado na MC4. Victor Luise, decimo primeiro colocado na MC2. Gilce Cortes e Micheli Bernardelli (Piloto), oitavo lugar na WB.

Neste sábado, os atletas da Handbike voltam às pistas para a disputa da prova de resistência. A Copa do Mundo segue até domingo (7/8).

Fotos divulgação CBC / Juan Benavent

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.