Venda de bikes reformadas em projeto social premiado pela Volkswagen

Com o Natal se aproximando, o Bazar da Bike do Aromeiazero oferece uma oportunidade de exercer contudo o consumo consciente, venda de bikes reformadas.

As bicicletas que o instituto vende foram não só doadas por apoiadores e mas também reformadas por alunos e alunas do Curso Viver de Bike. Primordialmente gratuito e voltado para pessoas em vulnerabilidade social, ele formou mais de cem pessoas ao longo do ano, em um cursos de 60, 30, 24 ou 12 horas, sempre com conteúdo dividido entre prática de mecânica e conhecimento em cultura e negócios da bicicleta. 

Serão mais três dias de venda de bikes reformadas. Um em 11 de dezembro, das 11 às 15 horas, na Torre Norte do Centro Empresarial Nações Unidas (Av. das Nações Unidas, 12.901), junto com o Natal Santuu & Cenu. É uma feira com exposição de marcas, produtos e serviços voltados à bicicleta que já teve uma edição na última quarta-feira, 4/12. Além disso, haverá oferta de pequenos consertos gratuitos; test ride de bikes elétricas; aula express, com dicas de processos básicos de manutenção e ao mesmo tempo conserto.  Os preços no Bazar da Bike são convidativos. Há modelos para todos as idades com preços a partir de R$ 50.

No final de semana

Já no final de semana, 14 e 15/12, sábado e domingo, Bazar acontece contudo no Ideário (Rua Prof, Rubião Meira, 59 – Metrô Sumaré – das 11 às 20h) como uma das atrações da Feira Criativa Ajuntamo. Ela reunirá ações com  grafite, serigrafia, gastronomia, música, brechó, bem como flash tatoo produzidas por outras organizações com sede no local, como Bike AnjoBrechó Freneticxs e Chef Sérgio Novoa. Desse modo confirme sua presença pelo Facebook.

Mas além dos dias de evento, o Bazar da Bike está presente em horário comercial na Central Bikes, bike shop localizada no Brooklyn (rua Porto Martins, 48 – tel 984639363). É resultado de uma parceria do Aromeiazero com o Rogério, proprietário. Ele é um dos alunos formados em uma das turmas do curso de 60 horas que aconteceram na Arena Radical em 2019.

O lucro com a venda das bicicletas será revertido totalmente para o Viver de Bike, que teve patrocínio neste ano da Fundação Alston e Trek.

Venda de bikes reformadas
Foto Aromeiazero
Com os R$100 mil do Prêmio Fundação Volkswagen, mais um ano de Viver de Bike com a organização do Aromeiazero.

O projeto Viver de Bike venceu o 1º Prêmio Fundação Volkswagen  na categoria Mobilidade Urbana e receberá R$ 100 mil para manter as aulas e as atividades do projeto em 2020. Ele foi escolhido por apresentar a maior chance de levar para mais pessoas a inclusão social e geração de renda por meio da bicicleta. O prêmio recebeu mais de 400 inscrições. Seis projetos foram finalistas. Eles receberam doze semanas de aceleração da Yunus Negócios Sociais Brasil.

Mobilidade Social e Inclusão de Pessoas com Deficiência foram as outras duas categorias. As vencedoras foram o projeto Marias, da ONG Acreditar e o Imersão Maker, do Instituto MeViro, respectivamente. Junto com a Mobilidade Social, elas formam as três causas prioritárias da Fundação Volkswagen.

O prêmio é um importante reconhecimento para o Aro. O dinheiro será usado integralmente para manter as atividades do Viver de Bike, tanto no curso realizado na Arena Radical, na Vila Olímpia, mas também para replicá-lo em outros bairros e cidades, tais como os cursos realizados neste ano em São Miguel Paulista Campo Limpo, bairros da periferia paulistana, em parcerias com a Fundação Tide Setubal e Sesc Campo Limpo, respectivamente.

Além disso você também pode se interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.