Quando e por que você deve substituir seu capacete?

capacete

Lá se foram os dias em que usar um capacete era considerado “não legal”. Agora, é um requisito não apenas para passeios e provas organizadas, mas também para muitas cidades que o tornaram obrigatório.

Os capacetes modernos são uma maravilha da engenharia. As marcas alcançam um bom equilíbrio entre proteção, aerodinâmica, ventilação e também peso. A maioria dos principais fabricantes já desenvolveu modelos impressionantes com uma grande variedade de preços.

Geralmente, recomenda-se que um capacete usado com frequência seja substituído a cada 3 a 5 anos. O motivo é que a espuma se degrada devido ao sol, calor, suor e outros fatores ambientais, adicionados às pequenas e distraídas batidas usuais do dia a dia.

Essas questões simples contudo tornam a estrutura do capacete incapaz de fornecer a proteção completa para a qual foi projetado no caso de um impacto na cabeça. Um capacete sempre deve ser substituído após ser danificado em um acidente ou até mesmo cair com força.

O especialista

“Normalmente, recomendamos troca do capacete a cada três anos, independente da deformação por acidente. Pois mesmo sem impactos, há pequenas e constante batidas, além de pressionar o EPS à medida que o capacete é armazenado, deixado cair e colocado em superfícies duras e etc. Assim devido aos pequenos impactos após ao longo dos anos de uso, o EPS perderá gradualmente seu volume, tornando-o menos capaz de lidar com a energia em um possível impacto mais forte. É claro que quanto mais o capacete for usado, mais ele se deteriorará. Portanto, uma regra para todos, trocar a cada três anos é um bom parâmetro.” Por fim explica Paul Caswell, gerente de marca do distribuidor de capacetes de uma grande marca global.

No entanto, alguns especialistas afirmam que um capacete será protetor, independentemente de sua idade, desde que não esteja danificado. Na opinião deles, não há limite de idade.

Se você bater a cabeça com o capacete, será a hora de substituir o mesmo. A fina concha de plástico ao redor do capacete pode ser bastante resistente a arranhões e rasgos, mas mesmo o menor impacto pode comprometer a estrutura da concha de espuma interna.

A principal tarefa de um capacete é dispersar a energia da colisão com o solo e proteger a cabeça. Isso é conseguido com a espuma rachando e quebrando sob impacto. Se o capacete já fez seu trabalho uma vez, não será tão eficaz em uma possível nova queda e isso pode levar a ferimentos bem.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

2 comentários em “Quando e por que você deve substituir seu capacete?”

  1. e só mais uma forma de obrigar vc comprar outro capacete pois quem usa sou eu troco quando eu acha que devo não quando terceiros mim obriga quer vender capacete dessa forma vende mesmo no mínimo a indústria e de algum política ou ligado a eles.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.