Niki Terpstra sai do hospital após acidente de treino

Niki Terpstra
Holandês ficará fora de ação por até 12 semanas após concussão, pulmão colapsado e alguns ossos quebrados.

Niki Terpstra deixou o hospital no domingo depois de sofrer um acidente durante um treinamento na semana passada.

O holandês de 36 anos foi levado de helicóptero para tratamento intensivo quando se esforçou para evitar atropelar um grupo de gansos atravessando a rua. Terpstra, que pedala para a equipe francesa Total – Direct Energie, bateu forte o tórax em uma grande pedra ao longo da beira da estrada, que assim resultou em uma concussão, um pulmão colapsado, uma contusão nas costas, costelas quebradas e uma clavícula quebrada.

“Parecia muito sério”, disse Ramona, esposa de Terpstra, à De Telegraaf.

“Foi uma sorte que a ambulância chegou rapidamente, porque eles poderiam tratá-lo imediatamente. Mas, devido à gravidade da situação, eles enviaram o helicóptero, mas ele não pôde decolar imediatamente devido ao colapso do pulmão. Eles primeiro tiveram que “consertar” isso, da melhor maneira possível.” Por fim comentou.

Niki Terpstra, que venceu Paris-Roubaix em 2014 e o Tour of Flanders em 2018, tem lutado com acidentes e lesões nos últimos dois anos. Ele caiu forte na Flandres em 2019, forçando-o a abandonar a corrida que havia vencido apenas um ano antes. E as lesões daquele acidente o forçaram a se retirar de Paris-Roubaix na semana seguinte. Ele caiu novamente no Tour de France e foi forçado a se retirar na etapa 11.

Terpstra estava focando nos clássicos, remarcados para outubro deste ano. As lesões sofridas na semana passada forçarão Terpstra a fora de atividades por mais 10 a 12 semanas, o que o fará perder a turnê de verão, mas esperamos voltar à ação a tempo das corridas de um dia.

Além disso você também pode se interessar:
Medida acertada

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.