Alimentação no pós-treino – O que comer após as atividades?

Alimentação no pós-treino
O que comer no pós-treino?

Alimentação no pós-treino é uma pergunta bem frequente para os praticantes de atividade física e uma dúvida que ouço sempre nas consultas.

Estudos já mostraram que a ingestão do carboidrato associado à proteína é a melhor estratégia nutricional para a recuperação muscular, mas também manutenção do rendimento.

O consumo do carboidrato permitirá a ressíntese do glicogênio muscular, recuperando o combustível para a prática da próxima sessão de treino ou atividade física. O consumo da proteína favorecerá a recuperação muscular e igualmente até a construção muscular. Não existe nutriente mais importante. Contudo o consumo dos dois nutrientes associados é que trará o melhor resultado.

Dessa maneira a alimentação no pós-treino pode ser feita por alimentos ou suplementos, dependendo da especificidade de cada indivíduo e de cada situação.

Muitas vezes, terminamos os treinos em grupos e ficamos conversando e demoramos a nos alimentar. Esta não é uma estratégia interessante, se desejamos um rendimento bom em todas as sessões de treino. Levar nossos alimentos ou suplementos e consumir logo após a sessão de treino favorece a nossa recuperação e ainda ajuda o nosso sistema imune, melhorando a nossa resposta a possíveis infecções.

Alimentação no pós-treino
Foto Haute Route

Realizar uma recuperação adequada após cada sessão de treino permite estar bem preparado e recuperado para o dia da competição. Costumo brincar que fazer adequadamente as refeições pós-treinos é como se estudássemos a matéria dada na escola diariamente. Quando chegasse o dia da prova, já estaríamos preparados. Alimentar-se bem permite também suportar os ciclos de treinamento e evoluir dentro de cada programação de treino.

Mas, atenção!

Não podemos nos esquecer da alimentação pré-treino, durante o treino e a alimentação do dia a dia. Todas precisam ser contempladas e adequadas para que o resultado dos treinos sejam otimizados. Elas se completam e nos permite desenvolver nosso maior potencial esportivo e preserva nosso organismo de um estresse desnecessário.

Assim lembre-se que a nutrição é uma variável que pode ser controlada e que deve ser utilizada a nosso favor e otimizar toda a dedicação dada nos treinos. Dê um bom combustível para seu organismo!

Tatiana Vasconcelos – nutricionista esportiva
tatianavasconcelosnutricao@gmail.com
@tatianavasconcelosnutricao

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.