Paôla Reis do BMX e treinador são investigados por violação de quarentena

Paôla Reis

Paôla Reis do BMX e seu treinador Leonardo Gonçalves são investigados pelo Comitê de Ética, Integridade e Prevenção de Infrações da Confederação Brasileira de Ciclismo.

As seleções brasileiras de BMX Racing e Mountain Bike desembarcaram em abril, em Anadia, Portugal. Onde igualmente cumprem quarentena e realizam o período final de treinamento antes das etapas da Copa do mundo que irão definir as cotas olímpicas para as duas disciplinas.

A apuração se dá surpreendentemente por violação de quarentena obrigatória para participarem de etapas de Copas do Mundo, dada a pandemia de Covid-19 que assola o mundo a mais de um ano.

Assim leia abaixo a divulgação na íntegra com as informações e documentos oficiais da CBC

COMITÊ DE ÉTICA, INTEGRIDADE E PREVENÇÃO DE INFRAÇÕES

INVESTIGADOS:
PAÔLA REIS SANTOS, Atleta de BMX, ID UCI 100 111 197 19 / CBC 12.19214.13
LEONARDO GONÇALVES DOS SANTOS, Treinador de Ciclismo

O Presidente do Comitê de Ética, Integridade e Prevenção de Infrações da Confederação Brasileira de Ciclismo – CBC, nomeado através da Resolução 001/2016 da CBC, no uso de suas atribuições, em especial o art. 63 e ss. do Código de Ética da CBC, considerando o encaminhamento de ocorrência e documentos recebidos do Gestor de Alto Rendimento da CBC,

RESOLVE,

I – Determinar a instauração de Processo por Violação de Conduta Ética prevista nos arts. 5o., III e IV; e art. 30 do Código de Ética da CBC (http://www.cbc.esp.br/img/governanca/Codigo_Etica_CBC_2018.pdf), em decorrência de descumprimento de regras fixadas de permissão pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal, mediante violação de quarentena obrigatória para países da Europa com o objetivo de participarem de etapas de Copas do Mundo, válidas para o Ranking Olímpico e desta forma definir as vagas do Brasil e quem serão os representantes do ciclismo brasileiro nos Jogos Olímpicos de Tóquio (docs anexados);

II – Designar a Câmara Instrutória deste Comitê para o regular processamento do feito conjuntamente com a Câmara Decisória para os atos de tomada de decisão em tramitação unificada e prioritária.

III – Determinar, diante da gravidade dos fatos narrados e das provas produzidas, que a CBC se abstenha de qualquer ação relacionada com os investigados, notadamente atividades relativas à participação da atleta em eventos que dependam de inscrições, registros ou congêneres de representação nacional ou da CBC, até decisão final desse processo.

DESPACHO
http://cbc.esp.br/img/governanca/CBC_CEI_Processo_001_2021_Despacho.pdf

INTIMAÇÃO
http://cbc.esp.br/img/governanca/CBC_CEI_Processo_001_2021_Intimacao.pdf

OUTROS DOCUMENTOS
http://cbc.esp.br/governanca-transparencia/comite-etica-integridade

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO
Paulo M. Schmitt
Pres. Comitê de Ética e Integridade da CBC

Foto divulgação reprodução (Instagram/paolareis78)

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.