Viver de Bike oferece grátis curso de mecânica e bicicleta por participante

Viver de Bike

ONG promove em parceria com a Ocyan, curso gratuito de mecânica, empreendedorismo e gestão financeira

Segundo a pesquisa realizada pela Aliança Bikes com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). O setor fabril e o varejo de bicicletas no Brasil criaram 2.063 novos empregos com carteira assinada em 2020. Da mesma forma em 2021, o número de empregos formais do mercado de bicicletas continua a crescer. Os dados mostram que de janeiro a maio de 2021, 1.363 empregos com carteira assinada relativos ao comércio varejista, atacadista mas também na indústria de bicicletas mostram a força desse mercado.

Entretanto, são poucos os cursos profissionalizantes existentes para o mercado da bicicleta. Assim para suprir parte dessa demanda, o Instituto Aromeiazero, com o apoio da Ocyan, realiza em Macaé o curso Viver de Bike. Então o objetivo da formação é promover a bike como ferramenta de geração de renda, cidadania, fortalecimento de economias locais e melhoria da qualidade de vida.

O curso, além de gratuito, também entrega como presente de conclusão uma bicicleta que é reformada pelos próprios participantes.

O curso terá aulas sobre mecânica básica de bicicleta, como pedalar com segurança na cidade, empreendedorismo e gestão financeira. As inscrições estão abertas e poderão ser feitas até 15 de agosto, através do site. Com vagas limitadas, o curso de 30 horas é semipresencial e será realizado nos dias 24 de agosto a 30 de setembro em endereço a confirmar, por conta da pandemia.

A escolha será feita a partir de análise socioeconômica, e mulheres negras, pardas, indígenas, e pessoas LGBTQIA+ têm preferência na seleção. Além da bicicleta, os participantes receberão um certificado de conclusão e o Caderno Viver de Bike impresso, um material pedagógico do curso desenvolvido pelo Aromeiazero.

“A Ocyan preza muito pela diversidade, equidade de gênero e inclusão de minorias, por isso, partimos do mesmo princípio para a seleção dos participantes deste novo projeto. Será um presente para a cidade e esperamos realmente movimentar a economia da região”, explica Jocelina Valle, coordenadora de Responsabilidade Socioambiental da Ocyan.

Viver de Bike
Sobre o Pedala Macaé

O projeto Pedala Macaé, chega à cidade com o intuito de promover a bicicleta como ferramenta de geração de renda, cidadania, fortalecimento de economias locais e melhorias na qualidade de vida. Além do Viver de Bike, conta também com o Rodinha Zero. Que então busca incentivar a bicicleta como ferramenta de desenvolvimento integral para crianças de 4 a 11 anos. Assim fomentando o seu uso por meio de atividades dentro e fora da escola. Mas também a campanha Bike Parada Não Rola, que consiste em recolher bicicletas abandonadas em condomínios para serem utilizadas em projetos sociais desenvolvidos em Macaé.

Sobre o Aro

O Instituto Aromeiazero é uma organização sem fins lucrativos que utiliza a bicicleta para reduzir as desigualdades sociais e contribuir para tornar as cidades mais resilientes. Os projetos contam com patrocínio de empresas e pessoas físicas, além de leis de incentivo, sendo grande parte das ações em periferias e comunidades vulneráveis. Desde 2011, as iniciativas do Aro promovem uma visão integral da bicicleta, potencializando as expressões culturais e artísticas, geração de renda e hábitos de vida saudáveis.

Assim mais informações no site.

Foto divulgação Aromeiazero

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.