Short Track da CIMTB será transmitido ao vivo no Band Sports

CIMTB Michelin 2020

O Band Sports transmitirá as competições do Short Track (XCC) da 1ª etapa da CIMTB Michelin, no Parque Ecológico da Cachoeira, em Congonhas, dia 4 de setembro. Além da TV, o canal da CIMTB Michelin do Youtube também transmitirá simultaneamente.

As corridas do XCC, que serão disputadas pelos atletas da Super Elite, começam às 9h, com a largada feminina, e às 11h15, com a masculina. Entre as duas provas ao vivo, acontece o treino oficial da Fórmula 1 entre 10h00 e 11h00. Cada prova terá duração de 20 minutos mais 1 volta.

A modalidade estará presente em todas as etapas da temporada 2021 contando pontos para os rankings mundial, nacional e estadual, além do ranking especial da Copa Sense de Short Track.

Os pontos UCI são especialmente importantes nesta temporada, pois contam para a classificação para a Copa do Mundo de Mountain Bike 2022 no Brasil, em Petrópolis, em abril. Os competidores brasileiros que quiserem participar devem cumprir alguns critérios de classificação (confira aqui quais são eles).

O Short Track é uma modalidade relativamente nova no mountain bike

Foi introduzida pela União Ciclística Internacional (UCI) no calendário da Copa do Mundo somente em 2018. É uma prova mais rápida e mais explosiva que o Cross Country Olímpico (XCO) por ser disputada em uma pista mais curta, com circuitos de até 1,5 quilômetro e duração de cerca de 20 minutos, enquanto o XCO dura até 1h30, com voltas de cerca de cinco quilômetros.

O Brasil tem se destacado na modalidade com Henrique Avancini, que conquistou a medalha de prata nesta quinta-feira (26), no 1º campeonato mundial da modalidade, em Val di Sole, na Itália. Além dele, também se classificaram para a final, o baiano de 22 anos, Ulan Galinski, que ficou em 33º, e Luiz Henrique Cocuzzi, que não completou a prova.

“É muito importante que o mountain bike tenha uma difusão ampla para que continue crescendo como esporte e como indústria no Brasil. Portanto, ficamos muito confiantes com a parceria com o Band Sports, um canal que transmite grandes eventos como a Fórmula 1, mas que busca sempre diversificar as transmissões”, então disse Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Michelin.

A produção e planejamento de captação das imagens contará com diversas câmeras na pista. Mas também da câmera on board em uma das bikes para passar toda a emoção de dentro da pista. Outro detalhe importante é que vamos instalar ponto de cronometragem mostrando parcial na pista.

CIMTB Michelin 2021

A organização da CIMTB Michelin realizou sua primeira prova em 1996. Desde então, vem inovando e contribuindo ativamente para o crescimento e fortalecimento do mountain bike e o mercado de bicicletas no Brasil. Com 45 categorias e nível internacional, é um dos maiores e mais inclusivos eventos esportivos do país.

Contando pontos para o ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI) desde 2004, a CIMTB Michelin teve papel com seletiva para os Jogos Olímpicos nos Ciclos de Pequim 2008; Londres 2012; Rio 2016 e igualmente Tóquio 2020.

Em 2022, a CIMTB Michelin aumentará ainda mais sua relevância internacional com a realização da etapa de abertura da Copa do Mundo de Mountain Bike 2022, em Petrópolis. Além disso, a organização da CIMTB Michelin foi responsável pela construção da pista de mountain bike dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Então considerada uma das melhores da história dos Jogos desde 1992.

Fotos divulgação CIMTB/César Delong

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.