22ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC 2021 é neste domingo

Volta Ciclística Internacional

O evento terá largada de todas as categorias, inclusive Elite, Sub 23 e Open Master masculinos, antes previstos para Paranapiacaba, em Ribeirão Pires, a partir das 8h

A 22ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC será o destaque esportivo deste domingo (12). A partir das 8 horas, ciclistas de diversas categorias participarão da tradicional disputa, que nesta edição terá largada e chegada em Ribeirão Pires, no circuito montado na Avenida Prefeito Valdírio Prisco. Ao longo da história a prova para Elite e Sub 23 sempre largou do Distrito de Paranapiacaba, mas, desta vez, o Departamento de Estrada de Rodagem (DER) não deu a liberação. E então informou a Federação Paulista de Ciclismo sobre a negativa surpreendentemente somente na tarde de quinta-feira.

Apesar desta mudança, o largada em Ribeirão continuará no mesmo horário programado e a prova terá a mesma quilometragem (112 km), já que haverá mais voltas no circuito final em Ribeirão Pires. As demais categorias seguem inalteradas, com as quatro baterias previstas para a arena começando também a partir das 8h. Ao todo, 410 ciclistas participarão do evento, que conta pontos para os rankings estadual e nacional (algumas categorias).

“Infelizmente, não conseguimos realizar a largada deste ano em Paranapiacaba, como sempre aconteceu. Estamos conversando com o DER há 90 dias e a resposta veio somente nesta quinta e por telefone. Uma pena, mas isso não tirará o brilho do evento, pois os atletas percorrerão as cidades da região da mesma forma. Estamos certos que será mais uma grande edição da Volta do Grande ABC, que retorna depois de 12 anos a Ribeirão Pires”. Então destaca José Cláudio do Santos, o Facex, presidente da entidade.

Tradição

A Volta Ciclística Internacional do Grande ABC é um das mais tradicionais provas do ciclismo nacional, atraindo atletas e equipes de várias partes do país na categoria Elite e Sub 23, masculino e feminino, sem falar das diversas categorias de idades, desde Mirim até Máster. Ela tem em seu histórico o fato de apresentar bastante equilíbrio e um elevado nível técnico.

O seu percurso para Elite/Sub 23/Master Open é uma das atrações, uma vez que atravessa as sete cidades do Grande ABC Paulista, Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema. Apresentando diferentes desafios ao ciclistas e ficando bem perto do público. O mesmo se repetirá no circuito em Ribeirão Pires para as demais categorias.

Ao longo de 21 edições, os maiores vencedores na Elite foram Luciene Ferreira, que subiu ao topo do pódio feminino em seis oportunidades (2005/2009/2021/2023/2015/2017). Enquanto entre os homens há três bicampeões. Daniel Rogelin (1998/2012), Jean Coloca (2003/2005) e Francisco Chamorro (2006/2008).

Assim mais informações no site.

Fotos divulgação Ivan Storti/FPCiclismo

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.